Terça-feira, 30 de Dezembro de 2003

O SIDSIDSID é muito malvado...

Socorro!! Estou na casa do SIDSIDSID e ele acabou de pôr uma música que é meio gay mas eu cá não me importo, porque somos amigos. Ele obrigou-me a escrever um texto agora para o se blog e aqui estou eu, a esforçar a minha mente para que saia alguma coisa mas não sai nada... e por isso vou contar a história da vida do meu vizinho do rés do chão frente:

A sua mãe teve-o e foi o dia mais feliz da vida dela, ele espreitou com a cabecinha de fora e disse: "Kralhu, quero ir às pitas!" e depois levou uma palmada no rabo do médico (que o apalpou todo no cuzinho - era primo do Bibi) e o moço desatou aos berros: "O NOSSO AMOR É VEeEeEeEeEeErdeEeEeEeEeE!!!!"

Quando chegaram a casa, o rapaz só comia sossegado se a mãe lhe ligasse o VHS no "Gostas Pouco, Gostas" e assim os pais tiveram que ficar acordados até tarde para gravar o programa. O pai dele começou a fazer sessões de pívias a ver o programa até que foi apanhado em flagrante pela mulher e assim divorciaram-se. E quando o puto quer comer em sossego na casa da mãe, ela teve que lhe comprar o Ninja das Caldas para DVD e assim o puto já come. Um dia o rapaz teve uma crise existencial e a mãe apanhou-o trancado no quarto a usar o baton e o rouge dela e a vestir o fato de noiva, e estava o puto à janela, assim vestido e makilhado, com a aparelhagem a lançar aos berros o Carocha do Amor, e gritava o puto tb: "Se Deus quis que nos amássemos, ide-vos fornicar vocês e os senhores fidalgos que escarecharam as vossas progenitoras!!!" e lançou o bouquet e esse foi disparado e caiu em cima da pinha de um arrumador de carros, que o apanhou e foi acusado por um amigo de ser panasca e de nunca lhe ter dito porque há anos que o amigo tinha deixado o curso de informática para ir arrumar carros com ele pk amava-o perdidamente mas nunca lhe tinha contado isso!

E assim os dois homens beijaram-se no meio da rua e foram filmados pela TVI e foram aparecer no Jornal Nacional. A Manelita Tripeira Guedes quando viu os homens a beijarem-se, teve um acesso de luxúria e começou a esfregar-se nas suas cuekinhas e teve um orgasmo em directo, abrindo muito a boca, que foi confundido com um simples esgar de espanto. Mas tudo teria passado despercebido se ela não tivesse saltado para cima da mesa a esfregar o pito nos monitores e a berrar: "RASGA-ME!! RASGA-ME!!!"... A mãe soube que tudo isto tinha sido culpa do filho e como não aguentou o xoke, mandou-o para o Tibete e ela foi para as Carmelitas. FIM!

publicado por Bisbilhoteiro às 19:41
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
|

Historias da Urma Thurman - vol 21

É natal, Urma foi para casa dos pais em Cincinnati. "Eu não vou aguentar este dia até ao fim...Que noia.", diz Urma para Karl, o irmão gémeo de Carl, primo direito da mãe de Urma, Karl diz: "Embebeda-te" - enquanto passa a mão no vison de raposa. Karl é Karla, uma mulher de armas. Urma diz: "Vontade não me falta, Karl.", Karl diz: "Sou Karla, importaste?", Urma abana a cabeça, e Karl diz: "Bebe os frasco de perfume da loja dos 300 que te oferecem.", Urma responde meio achocalhada, enquanto alinhas as cuecas no cu: "Se o Natal é para passar com quem a gente gosta porque é que eu não posso passar com os meus amigos?", Karl diz: "Tens 40 anos, és livre, mas vem, tenho uma prenda muito Dildo Usage, e fá em Feno de portugal de litro e meio, à tua espera", Urma para o andamento, claramente irritada, e diz: "Feno de Portugal isso é do teu tempo... velha". Karl, arranha Urma na cara e parte uma unha. E mexe muito os braços para o ar e diz: "Sim, amor... se o teu aneurisma não estivesse quase a rebentar tambem ias cehgar à minha idade.", Urma arranhada na testa, a sangrar pela cara abaixo, meio cega dum olho diz: "E tu com essa Gonorreia já nem ao Natal chegas.", Karl diz: "Chego pois... e vou por o pus em frasquinhos e oferecer-te como compota... bem.... acho que abusei.... que vulgaridade. Só mesmo tu melheree!". Urma finge que não ouve e abana-se toda, Karl diz: "Tu vives em convencoes do caneco, tou a ver", Urma abana-se, Karl repete-se, Urma abana-se, Urma não quer ouvir, e mete os dedos nos dois ouvidos, e começa a cantar para não ouvir: "Liz Taylor é gay, Liz Taylor é gay...", Karl quer ser ouvido, e grita com Urma: "Latinos homofobicos, nao ves a televisao? á mundo lá fora. Ouve-me puta do caralho!!!", Urma continua: "Liz Taylor é gay, Liz Taylor é gay."

Natal de 1977, Tiffany visita Cuba... "Não gastem os parcos cêntimos neste natal" - diz um velho na rua. Tiffany, está feliz, por tirar fotografias bonitas aos edificos de Havana, especialmente porque tirou boas fotos a pobres, fotos fantásticas, com miúdos a fazer o pino e a simularem sexo entre eles, Tiffany pagou-lhes é certo, mas teve que ser, Tiffany adora tirar boas fotos. "Pois por acaso jesus não nasceu a 25 de dezembro" - diz o velho. Tiffany responde: "Quem é jesus?", o velho faz assim com os braços, umas ondinhas e diz: "Jesus jesus saudemos jesus... jesus jesus", Tiffany meio cómica, meio estupida diz: "Ai velho és mesmo mesmo...", o velho atira uma bola de neve da arvore", Tiffanay faz um pontapé de bicicleta e acerta na bola, e acerta", o velho exclama: "GOLOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOO", uma negra mulata e meio feia bate palmas, A MULTIDÃO EUFÓRICA. A velha sábiamente desliga um gravador escondido, e telefona às escondidas para Fidél.
Tiffany sente-se um heroi, e grita: "Consumistas de todo o mundo! implodí-vos! Natal não! Natal não!", as velhas negras e pobres vêm à janela cantar com Tiffany, o rejubilo é geral: "Natal não! Natal não!". 15 dias depois, Tiffany é operada, tudo correu bem, é agora uma mulher.

A discussão continua... Urma diz: "E como tu engordas minha porca e como tu engordas...", chegam a casa dos pais, para passar o natal. Urma corre pela casa abaixo, pela casa acima a dizer: "Paisss! Chegueiiii", Karl diz para a escrava Isaura: "Vou ali à cozinha roubar qualquer coisa pa quemere.", escrava Isaura diz: "ALGUEM QUE FALE COMIGO!!!! É Natal é suposto ser simpatica para toda a gente!", Karl diz: "ohh, só uma sande de fiembre". Urma já feliz diz para Karl na cozinha: "Olha há muita gente que nem uma sande fiambre!!!! Olha a Escrava Isaura que é do interior ostracizado!". Karl diz: "Ostracizado... quer dizer que vivem dentro de um bibalbe?" Karl vai ao canto da cozinha vomitar... E no meio dos vómitos escorridos diz para Urma: "Os teus amigos têm-te mandado mensagens de feliz natal? Tens telemóvel? Tens amigos?". Urma entra quase em depressão e grita com Karl: "PUTA!", e nisto apertalhe a mama de silicone. Karl pontapeia Urma na vagina, "Ahhhh" - grita Urma, Karl diz: "Foi um pontapé de amorrrrrr... não posso.... não quero herpes genital, não posso pontapear-te mais."

Urma vai despir-se e tomar banho para peep shó carregue na tecla 3 e deposite 25 euros. Karl diz: "Vais tirar as cracas das costas?"

natal de 1988, Tiffany foi jantar com Nietzsche, um conhecido do pai, filósofo, este diz: "Falta patriotismo aos portugueses.", Tiffany diz: "Não falta é dinheiro mesmo.", Nietzche diz: "Amor à bandeira e ao fado? Esse género de patriotismo?", Tiffany diz: "Que séca, tenho mais que fazer que me preocupar com simbolos idiotas." - e esfrega as beiças da boca. Nietzche, diz: "É isso Tiff, também acho, é assim mesmo o pensamento trivial hodierno, e quem pensa de maneira diferente é porque é louco.", Tiffany diz: "Diferente? os monárquicos não têm pensamento diferente...", Nietzsche faz hummmm, mmmmm, e diz: "humm, Mau natal para voçes todos." Tiffany diz: "É a mesma hierarquia autoritária de sempre.", Nietzsche impertinente e meio louco diz em voz alta: "Hierarquia!?" e esbofateia Tiffany. O chinês da mesa ao lado diz para a chinesa: "Até que enfim alguém com juízo...", Nietzsche diz ainda, antes que Tiffany faça alguma coisa: "Pois claro, a inglaterra tem um povo hierárquico, Os portugueses, republicanos, não!", Tiffany cerra os dentes, controla-se, e diz: "Ambos têm. daí não serem diferentes", o chinês coloca o ponche á porta com os copos descartaveis e avisa que não se responsabiliza pelo quer que aconteça. Nietzsche esmurra Tiffany, e diz ainda: "Isso depende da interpretação que fizeres do seu pensamento e obras, se leres atentamente o zaratustra terás a oportunidade de verificarees alguns pensamentos monárquicos, tipo: " o tempo dos reis passou, o que hoje se chama povo não merece reis ", ouviste cabra?", Tiffany não chora, pois lá no fundo é homem, e diz: "A escrita dele dá para muitas interpretações, é um dos problemas do tipo de abordagem que ele faz.", Nietzsche esmurra outra vez, Tiffany, e diz-lhe: "Não vejo pensamento nenhum monarquico nisso, não podes dizer que ele não era monárquico", Tiffany toda a sangrar diz: "Os reis ja eram não precisamos deles pa nada.". Nietzsche corta um dedo a Tiffany, com a faca do peixe.

publicado por Bisbilhoteiro às 07:51
link do post | comentar | favorito
|

Irmãos da Sanita

A sanita perfeita é a sanita onde cagar sabe bem.
Quando tenho vontade controlo-me... Deixo passar o tempo necessário.
Para ter ainda muito mais vontade, um pleonasmo de vontade, muita vontade de expelir cócó, fezes, castanho, marrom, bafo quente em musse de chocolate.
E a melhor sanita, é mesmo a sem tampa, sem plástico, apenas a pedra dura, que seja branca, reluzente, sentar o rabo numa boa dose massiça de pedra fria, entalado e equilibrado, e depois cagar... Ò sim!
Depois não limpo o rabo com papél, não! O corão não deixa, mesmo tando-me a cagar pró Corão, mas fica bem copiar algo das outras culturas. Bricolage artistica, em intimidade com os exóticos do mundo, ò sim! Sou um cagão com classe tropical, ocidental, e oriental, tudo al.
Melhor ainda é estar no bidé a lavar o cú, com águinha fria, e sabão (qualquer um), e olhar pró lado, e ver o branco do papel, a fecundar-se com o castanho, lá be mno fundo.
Nisto, dá-me sempre uma vontade ínfima mas que não se ouve de todo, a pedir-me por uma colher de chá.
Uma colher de chá! Uma colher de chá! Uma colher de chá! Uma colher de chá! Uma colher de chá! Já!
Um dia ainda o faço... Ir lá, com a colher, e tirar algo. Provador de vinhos, de queijos, com bolacha sem sal para tirar o sabor, e porque caralhos não há de haver um exímio tortuoso acto de misericórdia com o cagalhão acabadinho de fecundar?
Delicioso... Misterioso... Hmmmmmmm.
E com o tempo criarei a primeira liga fétixe do cagalhão suave, pleno, robusto ou assimétrico: o derretido.
Seremos universais em valores... Mas antes do cagalhão, ainda tenho um fétiche maior, o de lamber a pedra, a superficie das sanitas...
Meu deus... PASSO-ME!

publicado por Bisbilhoteiro às 07:09
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|

Across the lines

Across the lines!
Who would dare to go?
...


Ao som da Tracy Chupa se rende mais uma noite.
Sim as noites, sempre elas. não se fala noutra coisa. Deixo as manhãs para poetas de meia idade, cansados de se deitar tarde, que redescobriram o gozo de ver um sol incendiar o céu e ouvir os gritos agudos dos pássaros.
Vou-me deitar. amanhã digo-te alguma coisa! vamos ver um filme ou secar ao sol ol ol lol looooooooooooooooooooooool lololollllllllllllllllloooooooooooooooooooooooooooooooolll loll ol ollllllolloolllolll ol o ll ololL lOllOLLLollOLOllllOllOLLoLLoLLOolLoOLloLOLOLloLOLLoloLLOl lllllooooooooooooolllloooooooolollll llOlllllllllllllllllllllOoooooooooooooooooollllllllllllllllllllllll
pode ser?


publicado por Bisbilhoteiro às 01:18
link do post | comentar | favorito
|
Segunda-feira, 29 de Dezembro de 2003

Advinhem lá de quem é esta...

ELA DIZ QUE EU FUI UM CASO MUITO SÉRIO
MAS EU SÓ SEI QUE HÁ NISSO ALGO DE ANORMAL
HAVIA UM TEMPO UM OLHAR
UM SORRISO, UM COMEÇO
MAS AGORA TUDO PERDEU SEU BRILHO

NA MINHA VIDA
SÓ HOUVE UM ABRAÇO COMO O TEU
UM SONHO, UM LIVRO
UMA AVENTURA SEM IGUAL
É LINDA, LINDA
ESTA BALADA QUE TE DOU

PODEM ATÉ PENSAR QUE EU SOU
UM POUCO TRISTE
MAS NÃO HÁ NISSO MAL
EM SER ASSIM
POIS TUDO FICA,
MESMO QUANDO SE ACABA,
UM ROMANCE, UMA PAIXÃO
OU UM CAMINHO

QUIS ESCREVER A MAIS BELA CANÇÃO
QUE HÁ NO MUNDO,
OLHANDO PARA TRÁS
P’RA NOS VER
FOI QUANDO OUVI UMA VOZ
CANTANDO BAIXINHO
ESTA BALADA QUE VINHA
DE LONGE

publicado por Bisbilhoteiro às 13:48
link do post | comentar | ver comentários (5) | favorito
|

Nisto pego no machado...

... E corto as amarras das prendas que me unem à vida, quero ser livre e pardal, ou cantor de praça, ou de supermercado, e pedir esmola, e rir, e apalpar as gajas das montras que são umas parvas, com maridos tótós, de bigode afiadinho e a fazer ondinha no cantinho da boca.

E corto e não doi, o processo mental para decidir, é que doeu, e nem as cores da discoteca, daqueles escuras, com muita carne com olhos, que olham para ti, género praça, talho, mercado, e tu olhas... No outro dia fui mijar e quando saí, fui raptado num sonho duma gaja, fazia-me com a boca em coma, ou sei lá, uma recuperação aparente da mesma, e queria me chupar. Suponho que as gajas gostem de chupar caralhos, mas só depois do casamento, ou isso ou vaca para sempre. E depois sentei-me no sofá, estava cá com uma jarda, para lixar tudo, eregi-me ao profeta da noite, um tipo com ego distante de nós, e falei-lhe em espanhol: "Esta noche solo voy a hablar en castelaño joder!", com uns puta-madres lá no meio, e assim me divirto a beliscar os ruídos convencidos, sempre é menos naif, ser apenas feliz no non-sense.

publicado por Bisbilhoteiro às 13:21
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|

Candidato á presidencia

Olá. sou o cidadão 996969666. Nunca trabalhei por isso tambem nunca descontei. tenho 60 anos e gozo de uma reforma especial. Sou filiado no partido dos trabalhadores,do qual tenho o cargo honorário de administrador honorário( embora nunca tenha pago as quotas) recebo tb ,por ai, um chorudo bonus em dinheiro, mensalmente que nunca deduzi nos impostos. Comprei ha pouco um Audi A8 que pertenceu a um ex embaixador que necessitou de vender o carro á pressa mas não tenho carta.
Estando consciente de que espelho muitos concidadões, venho pois, pedir apoio para a minha candidatura para presidente da Républica. As minhas melhores aptidões é ser caladinho e discreto.
Ponto Importante : se for eleito posso doar mediante negociação 5 % da minha tb negociavel reforma vitalicia honoraria especialissima a uma iinstituição á escolha de vssas exas.
Atentamente o sempre vosso
joão fagundes presidente honorário da associação do grupo da lerpa do bairro de vasconcelos.

publicado por Bisbilhoteiro às 11:28
link do post | comentar | ver comentários (9) | favorito
|
Domingo, 28 de Dezembro de 2003

Amigo virtual

Tem um amor por uma miuda que só vi em picture, assim meio descolorida, e meio pequena, num quadrado 20 por nove, e com um botão do MSN por baixo. Ele é meio agradável e meio aportuguesado, sempre com os verbos da censura por perto, apesar de tudo, prima pela ausência de cinismo, o que eu acho o máximo.

Amanha vai tar com olheiras frente à gaja que adora, mas que nao o adora. A vida é assim, porque é que continuam a insistir na publicidade dos cornettos Olá, com jovens tibetanos todos bezuntados de óleos a correr feitos tótós e dão beijos! A vida não é assim...

A estupida só tem a perder, em não querer conhecer o meu amigo, que é: Careca, ele cita: "apesar de tar a cair-me o cabelo, sou um gajo 5 estrelas e mais qq coisa".
Cabra! Não o rejeites!

publicado por Bisbilhoteiro às 04:52
link do post | comentar | favorito
|

audioslave

- mas tu és mesmo gay, ou é só no gozo?
- sexo fone
- o sexo fone está a reter-te a atenção. Toma lá um 4 em linha cabrão!

Aos SMS impessoais que recebi este Natal, respondi com um não menos impessoal:

"olá!era pa te agradecer e retrubuir os votos de feliz natal! Ao contrário do teu,este nao é daqueles SMS q se mandam a 500 pessoas diferentes! é-te dirigido a ti em especial * "

No fundo todos procuramos um lugar no céu



publicado por Bisbilhoteiro às 04:39
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|

A história que o Rui vos conta........

Óscar... o jogador de futebol.



A história que vos vou confiar a seguir, é apenas mais uma história... uma das muitas que ao longo das nossas vidas vamos criando, imaginando, ouvindo, ou quem sabe, inclusive vivendo, nem que seja nos anais da fantasia. Esta distingue-se das demais por diversos motivos, mas sobretudo porque vos peço, a “ti” e a cada um de vós [leitores/as] que no final de absorverem estas ignóbeis linhas, abarrotadas pela imensa sopa de letras, deixem recair a vossa mente em estado de cogitação e partam para universos de reflexão ainda não explorados por vós, mundanos.
Mas adiante... que ainda não comecei a narrativa.



Óscar era um jovem atleta, mais estritamente um entusiástico jogador de futebol. Era-o desde que possuía aquelas fortes e vigorosas pernas, aquele atlético e destemido tronco, aqueles ágeis e morenos braços, enfim... desde que se lembrara e desde que existira, ele dedicara-se exclusivamente à prática do “desporto rei”, o futebol.
A sua vida tinha sido recriada em função deste desporto, jogava numa equipe profissional, o Benfica. De águia ao peito, camisa encarnada e calção branco, corria pelos flancos do quadrilátero em busca do esférico, para a assistência perfeita ou quiçá o golo almejado.
Óscar tinha sido concebido e treinado para ser o melhor, o mais audacioso, o mais ousado, intrépido e veloz jogador de futebol que alguma vez existira. O testemunho deste atleta utópico estava assente nas chuteiras nº 42 [adidas Predator] que calçava antes de cada desafio. Inspiravam-lhe confiança e era patrocinado desde à muito por este gigante multinacional de acessórios desportivos.
Este aspirante a “Ronaldo” lusitano, tinha um senão... não era avançado, jogava como defesa esquerdo. No entanto marcava em média 1 golo por cada jogo que realizava, o que é, independentemente dos críticos desportivos, um invejável pro-médio.



Certo dia, Óscar enquanto realizava mais um treino com os seus colegas de equipa, reparou que desde há muito tempo apenas se dedicava a esta actividade. Não tinha uma vida social, pessoal, ou familiar, para além do que o futebol lhe proporcionava. A fama, o dinheiro e o futebol, não seriam certamente tudo o que a vida lhe poderia oferecer. Outras coisas haveriam para descobrir, pensou ele.
Após esta reflexão, deteve um pouco a sua marcha, até ficar completamente imobilizado no relvado, olhou em redor e sentiu uma enorme angustia por nunca ter jogado como avançado, ou central... pois desde há muito que não saía desta mesma posição. O treinador sempre lhe dissera que ele era o melhor como defesa esquerdo, e que nesta posição trazia mais benefícios para a equipa. Contudo, naquele preciso momento sentia que mesmo dentro do universo do futebol, ainda havia muito por descobrir.
Enquanto pensava sobre estes detalhes da sua mundana vida, relançou o olhar sobre o seu corpo e reparou no fenómeno mais abrupto que jamais testemunhara... Gritou como nunca: “um ferro atravessa-me o corpo!!!”; “Socorro! Um ferro perfura-me o corpo...”
Foi assim, que Óscar, o jogador de futebol, descobriu que não passava de um mero matraquilho... será que tu também o és?



Bem vou jogar Wining Eleven 7 [PS2], ver se marco um “golão” com o Óscar...

publicado por Bisbilhoteiro às 03:22
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|

.PodCast




.pesquisar na Vaca

 

.Abril 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30


.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. Katya Da Bimba

. Dicionário Japonês

. Blowtime

. Conversas com o Doctor Ho...

. Passion Pit: Manners

. Um asno sem sentido único...

. Relembrar a PAM#7

. Relembrar a PAM#6

. Relembrar a PAM#5

. Relembrar a PAM#4

. Youtube fuck off

. Relembrar a PAM#3

. A Vaca é Moral

. Conversas com o Doctor Ho...

. Paulo Pedroso chupa-me o ...

. FC PORCO é campeãum...

. História com continuação

. Ryu paneleira da praça

. Roisin Murphy para vocês ...

. Satanás Loves Padre Pedóf...

.arquivos

. Abril 2010

. Dezembro 2009

. Outubro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

. Dezembro 2004

. Novembro 2004

. Outubro 2004

. Setembro 2004

. Agosto 2004

. Julho 2004

. Junho 2004

. Maio 2004

. Abril 2004

. Março 2004

. Fevereiro 2004

. Janeiro 2004

. Dezembro 2003

. Novembro 2003

.tags

. todas as tags

.links

.subscrever feeds

.Rádio FLAMA ETERNA

http://84.90.106.32:8000

.Translation

.Meter

eXTReMe Tracker

.Cena

SAPO Blogs

.subscrever feeds