Terça-feira, 24 de Fevereiro de 2009

Cena fixe para lembrar pixies mas hoje em dia, ok?

pains of being pure at heart.zip (57.06 MB)

http://www.mediafire.com/?wzdobzquvzm

 

pixies do séc. XXI
uns putos de NY
n é anda de especial
é mais do mesmo 
algumas cenas vê-se mm q é plágio

é tipo isto
em versão indie rock lo-fi
de qq forma tudo smp foi copy paste desde o início
claro que a realização de o ser muda a forma cm é feito

 

desde david bowie que é tudo copy paste
 por isso é que adoro cornelius
é um copy past doce e melodico com aquele ar de doente japones, amarelado, não muito branco, com muitos sons de coca-cola a abrir

 

ps: amanhã 10 putas sonsas, ao lerem este post, vão imediátamente e automáticamente, colocar no seu profile de merda no Hi5, que esta banda é uma das suas favoritas, e depois... vão arrumar as epsilons do publico na mesinha da sala, não vá alguém entrar nas suas casas, e deparar com a falta de pseudismo das mocinhas estúpidas.

 


publicado por Bisbilhoteiro às 07:39
link do post | comentar | favorito
|

Conversas com o Doctor House

(continuação do post anterior)

 

Doctor House diz:
 é reles e mundano

Loja Zara diz:
 bem, eu aqui n fico
 vou-me passar, depois de 30 anos de opressão

Doctor House diz:
 nem tu nem eu, queremos mais, muito mais, nem que seja uma cena inatangivel para a maioria
 é a nossa cena

Loja Zara diz:
 vou ter a oportunidade de finalmente poder ser aquilo que quiser ser

Doctor House diz:
 mas qual é o teu point?
 é a saida dos papás?
 ja tiveste fora?

Loja Zara diz:
 não

Doctor House diz:
 nunca?

Loja Zara diz:
 nunca

Doctor House diz:
 nem um namoro com alguem 20 anos mais velho que te roubou durante uns dias?

Loja Zara diz:
 não
 nem isso
 já tive de férias fora de casa

Doctor House diz:
 tens uma estrutura adquirida, ganhaste uma maneira de estar convicta com a posição das tuas coisas, o teu espaço é delimitado pê-lo pó à volta dos teus livros, da tua cadeira

Loja Zara diz:
 e sozinho em casa durante as férias dos papás

Doctor House diz:
 tens coisas pregadas aos olhos
 tens o carácter cerrado e convicto da tua existência, física, e vais mudar aos 30

Loja Zara diz:
 sim...mas continuei a bater c a cabeça por certas merdas n darem, tenho esperança de aindar ter força e lucidez para me construir cm deveria ter feito

Doctor House diz:
 podes cair no egocentrismo desenfreado, das minhas coisas, do meu sitio, do eu é que sei, da intolerância com alguém te manusear o teu feudo
 estás preparado?

Loja Zara diz:
 não sei
 mas é um bom ponto, esse
 eu sou mt sui generis e fora do comum, portanto geralment n tenho medo de cair no comum
 embora acabe por cair eventualmente

Doctor House diz:
 a melhor dica que posso dar, é não ligares ao material, não ligues às fotos como registo da aventura, é tudo uma questão de processamento interno, o que realmente interessa são os momentos e omo ages neles,
 se deres prioridade a isso em prol do materialismo, podes viver onde quiseres

Loja Zara diz:
 acho q vou aproveitar para ter algumas coisas q até hoje nunca tive
 a primeira vai ser o respeito

Doctor House diz:
 podes ser o que quiseres, pelo menos tentares, mas se levares um baú de pensamentos e adornos de fotos e molduras, e cd´s, estás a levar uma âncora tua e para os outros.

Loja Zara diz:
 hmmm
 até agora tenho feito questão de deixar para trás as merdas todas
 nem a almofada levo
 mt menos a TV
 a informação apanhada até agora levo

Doctor House diz:
 é a maneira mais rápida de construires a tua vida, sem pesos do passado

Loja Zara diz:
 mas tenho formatações periódicas

Doctor House diz:
 o importante é o teu cérebro, as tuas energias, o teu dinamismo, a tua fé no processo que só tu podes guiar

Loja Zara diz:
 as vezes dá-me e formato os discos todos
 e começo do 0

Doctor House diz:
 e porque não? se isso te tira dúvidas ou receios, força, não podes é parar o que começaste

Loja Zara diz:
 sim, são palavras sábias

Doctor House diz:
 não pares

Loja Zara diz:
 mas é mais a surrealidade da cena

Doctor House diz:
 há pessoas que param, e nunca mais voltam a ser as mesmas

Loja Zara diz:
 tipo waaaaa universo paralelo assim de repente

Doctor House diz:
 eu tive o céu, e caguei, mas enquanto lá estive, absorvi tudo o que pude, até com o toque das mãos, para me lembrar desse céu, que um dia foi meu, mas caguei, porque não tenho o estofo e a vontade para me manter nele.
 sim
 é isso
 e podes fazer a melhor das introspecções, e a melhor resposta é: caguei porque quis, e não tenho qualquer vontade em voltar lá para cima. E quando és mesmo isso, passas-te para outra realidade. As pessoas mudam pelas razões mais acidentais e menos perceptíveis. Basta uma pinga de chuva até.
 Com isto quero realçar que és um heroi, e decidiste ir em frente, e isso é o melhor que um heroi pode e DEVE fazer. Mereces respeito, porque há muita gente, que se perde, que desaparece, gente que nunca até tentou, gente que se tramou, mas tu queres a mudança. Parabéns! E se tiveres dúvidas em salta da prancha para a piscina, fecha os olhos e salta.

Loja Zara diz:
 n me congratulo especialmente
 visto q devia ter tido coragem de bazar nem q fosse para debaixo da ponte
 mas isto há mais de 10 anos atrás...
 slowpoke

Doctor House diz:
 a idade certa é aos 30
 já não és puto
 e nao és cota
 és jovem
 tens poder e conhecimentos
 nao sei onde tiram a ideia que é aos 20 que tudo se faz
 fazer mal para ganhar traumas? naaaa
 aos 30 tens controlo emocional

Loja Zara diz:
 sim, resta esse contentamente de às vezes certos períodos que se consideram "inuteis" acabam por ser os mais férteis

Doctor House diz:
 tudo depende do valor que dás às coisas
 és tu e não os outros, o importante é isso
 os outros é uma expressão de natal

Loja Zara diz:
 na realidade foi a internet que me salvou
 permitiu alienar-me e explorar o mundo a partir do quarto

Doctor House diz:
 salvou-te só a ti?
 salvou-nos a todos que lá andavamos

Loja Zara diz:
 probably
 mas o meu caso é radical...vendo bem tudo o q tenho veio de lá praticamente

Doctor House diz:
 a internet que eu recordo, permitia ser alguém, com poder reconhecido, de escrita, de criatividade, de culturização, de integração de agrupamentos, de orgasmos metafóricos, e em última análise, reproduzia-se em jantares, que depois davam fodas, que depois davam jantares que davam em pares de cornos, foi uma vida que nos encheu ainda mais da nossa vida

Loja Zara diz:
 nca fui muito a jantares
 era mais one-on-one, acabei por conhecer pessoal valoroso
 agora até nas internetes trabalho

Doctor House diz:
 eu fui a uns dois ou três, dei mais fodas pela internet do que concertos que fui com o pessoal da internet, mas era a riqueza da comunicação na sua forma diária e os praticantes da mesma, de várias etnias e credos, tornaram tudo tão rico e absorvente, crescemos mentalmente com e para ela.

Loja Zara diz:
 ou seja, posso trabalhar onde quiser, quando quiser, etc

Loja Zara diz:
 é o que falta actualmente
 na internet

Doctor House diz:
 estamos nos 30
 aos 30, quem é anda pela internet?
 eu sei a resposta mas não a posso dizer
 mas digo
 andam todos

 só que uns, continuam enconados, e com cabelinhos à depressivo com gel a lembrar um ian curtis de pila pequena traumatizado
 e outros, deixam que a dignissima baleia esposa durma e ressone no seu pouso, para irem esgalhar uma para a internet, daí até foderem são 3 passos: H I 5
 são as prioridades da vidas
 uns alienaram-se em prol da familia que cresce do cão que mija no tapete, do lcd que não cabe no móvel tradicional português da sala de estar
 mas continuam lá, com horários e atitudes diferentes
 outros são os eternos prosaiscos do mp3, e da ceninha de fóruns de dEUS e nerdisses assim.
 isto não para, porque cada vez há mais gigabytes e mais baratos, é continuar a encher.

Loja Zara diz:
 mas sim, realmente, felizes dos pobres alienados
 todas as outras opções parecem de longe piores
 e são-no!

Doctor House diz:
 os robots das filas do colombo? vestem todos ao mesmo tempo, as promoções das camisolas verdas da C&A, e cheiram todos mal, também ao mesmo tempo. Até para ir cagar, fazem bixa, e sorriem todos ao mesmo tempo, e dizes: "kraftwerk" e eles impávidos, aceleram o passo, o puto cospe para o chão, a mãe gorila ofende-lhe ao de leve a vontade, e pagas 100 euros de picanha e rodizio num brasileiro, e lá
 estão estas familias, estes robots, onde putos correm À volta das mesas e chiam, chiam muito, com agudos que te cortam o cinzento mental, e as mães pavoneiam tiques adquiridos em circulos restritos da avon, e cujos maridos roçam ao leve o seu eufemismo no cabelo maricão do miguel veloso

Loja Zara diz:
 nao....já nem falo dessses, falo dos nossos camaradas da internet quem outrora pareciam seres humanos promissores
 hoje foram engolidos pela máquina

Doctor House diz:
 e tu pagaste como eles, mas não és como eles. Mas pagaste por uma injecção de realidade, afinal era um jantar, eram odores de restaurante gaúcho, era um atendimento requintado, onde te cospiam com uma tenaz a maminha no prato, mas não, não pode ser isso apenas, tens que levar o pacote inteiro, e juras nunca mais seres robot, e no dia a seguir rapas o cabelo à de niro num taxi, e matas três ou 4

 eles têm esperma, e dela fizeram crias que se cagam e sujam, e merecem toda a sua atenção de papás babados.
 queres o quê?
 Um ser moderno vive para três coisas:
 snifar coca, mostrar que trabalha, e ter um cão preto, um amigo gay e umas fufas por perto. Assim a casa nunca estará vazia.

Loja Zara diz:
 snifar coca é mesmo de mau gosto
 é tocar a campainha do pavlov sem o bife

Doctor House diz:
 eu odeio psicotrópicos, apenas me baseei no  que os "alternativos" pensam como acto único ao fim de semana livre.  É uma estética, chique e no-sense
 é uma auto-destruição confortável

Loja Zara diz:
 no-non-sense
 ya

Doctor House diz:
 é o mesmo que dizer: eu cocai-no-me todo

Loja Zara diz:
 mas isso é mais para as bandas de lx
 nota-se q a realidade que descreves é mt lx-centrica
 aqui no norte ainda é pior

Doctor House diz:
 e vocês familias com pilas pequenas e conas de sabão, façam muitas bolhinhas pela janela, façam todos ao mesmo tempo, porque eu vivo e vocês não

 somos todos iguais, não centremos o ghetto em lisboa
 a coca é cara, é branca chique, é arte, é como ver um river phoenix com aquela cicatriz na cara, e colocar nele as collants dos romanos, e mandá-lo limpar maximus em gladiator. É chique, é visual.
 Apesar de cobarde, e de amoral.
 Mas as famílias robots são piores!

Loja Zara diz:
 e depois tens os freaks new age
 que ainda são piores q os restantes
 absortos na própria superficialidade e hipocrisia
 q mundo este!

Doctor House diz:
 é o nosso mundo
 façamos por ele
 ou os queimas com fogo, ou com ácido, ou com lentes com o sol do meio dia
 ou então
 deixas-os definhar ao longe, e ris-te sempre que podes da incontinência da vida
 mas a verdade é uma:
 felizes são os tontos e inocentes são os ingénuos
 o resto somos nós: os sonsos, sínicos, de mera acuidade visual, de feitios postiços, melindrosos e curvilineos de vestes e perfis mentais subjacentes a um estado gémeos de horóscopo - sim a esquizo, está em todo o lado.
 Cabe a ti curares a doença do humano que pensa, todos os dias, ou então drogas que abafem toda e qualquer vontade em sofrer pelos demais. Deixa as putas e bruxas arderem em cima da joana do arco, sê mais recto e verdadeiro para ti: afasta-te, ganha forças supremas, e depois adapta-te a cada público alvo que ouse tocar-te na couraça, e abri-la-às a quem tu quiseres, porque tens esse dom.
 É fácil, basta não caires no conto do sonso e da sonsa, os maiores filhos da puta à face da terra, ao lado da outra que engravidou por poderes mágicos.

Loja Zara diz:
 sim, essa parte do afastar e ganhar forças e depois adaptar a cada público tb é algo que tb já concluí ser a melhor abordagem

Doctor House diz:
 estamos certos então, e se a certeza é a norma, acabamos de intimamente observar a nossa religião (só o homem é que tem o poder de criar cultos onde se fala do destino, que é o caso), havendo uma causa humana, o dogma formado pelo desconhecido passa a ser encarado como forma mera de filosofia, logo, já não tens esse peso às costas, dedica-te agora à equação do imediato: a satisfação
 paixão -> sexo -> amor
 ou sexo -> paixão -> amor
 depois consegues par
 evidencia isso nas tuas prioridades
 casa a dois permite viver a vida com todos os verbos de acção  casa a um, implica viver com estudantes ou pretos que vendem droga  o resto, já tens: toda essa inteligência que adquiriste, vai-te iluminar e recriar o caminho
 easy

Loja Zara diz:
 sim, um dos factores que pressionou esta saída também é essa falta de plenitude verbal a dois

Doctor House diz:
 exacto.


 


publicado por Bisbilhoteiro às 07:27
link do post | comentar | favorito
|

Conversas com o Doctor House

Loja Zara diz:
 fds as internetes andam mt vazias
 onde é que anda o psl todo?
 no facebook?

Doctor House diz:
 num sei mas deve ser provavel

Loja Zara diz:
 a internet morreu
 olha que caralho

Doctor House diz:
 eu axo ke a nossa idade morreu, a renovação é que dita

Loja Zara diz:
 qual renovação?

Doctor House diz:
 o nosso espaço ficou preso no tempo,  e nao houve renovacao

Loja Zara diz:
 soa-me bem,  desenvolve

Doctor House diz:
 mudaram-se as estéticas, e os melodramas, hoje já não é fixe o desporto, já não é fixe ser drogado mesmo drogado, hoje o etéreo inerente à massa arcaboiçal dos nosso intelectos da altura, onde imprimia-mos um estar à vontade sem preconceitos e lidavamos com isso com uma calma especial, hoje morreu não há.
 hoje o puto é atado, com um cérebro ainda a fecundar, apesar de perfilar 2 metros de físico, são todos musculados, ou abichanados, mas o padrão é o mesmo: não têm nada na cabeça, antes eramos os rascas, estes são apenas gel dos morangos/açucar em lágrimas fótocopia dos emos e emas, o preto cool americano do high school instalou-se, a ignorancia com um sorriso vale mais do que conhecer mogway

 hoje nada, apenas prateleiras já com a pochete para a mãe, e a toilette para os filhos atados, onde nada se pensa, nada se realiza, é apenas consumismo puro e duro, é como a gorda de 300 kilos que não se controla, sempre que vai à cozinha dá um pum enquanto come o frigorifico, são os nervos diz ela.

 o consumismo das prateleiras do jumbo, o padrão do pai toni de bigodaça e um bocado de merda ressequido debaixo da unhaca mantem-se, mas agora há a internet, as mães badochas depois dos 30 viraram monstros de telenovela portuguesa. Sim! A tvi mudou o fétiche pela globo, agora já se fala a lingua do gouxa e da puta gorda do malato. Os avós são zombies e reagem com simulações sonoras de orgasmos aos intransigentes apelos do líder babuíno, fernando mendes. Arfam, acotovelam-se, e a RTPinternacional é um sucesso para as escravas lusas nos luxemburgos, Portugal vê-se lá fora, e repercute o estériotipo do caldeirão dos labregos.

 Já falamos dos pais, dos avós, chegamos aos filhos... Os filhos têm internet, e é para terem um 10 a tic, a disciplina do tetris e do cm, porque o prof é um fixe, e até nos deixa passar o tempo no msn
 as galdérias amigas das pêgas brasileiras, mas com mais classe made in tugaland, recorrem à facilidade do ensino recorrente nocturno, para subirem do 9.º ano ao 12.º, e quiçá possam um dia ir brincar ao pessoal que veste batas e fétiches a tiracolo da medicina, sonham, sonham, e enquanto isso projectam-se na ignorãncia total dos cursos de novas oportunidades, que apenas imprimem na pessoa, um  estado de voyeur. Sim! As novas oportunidades, classificam e revalidam conhecimentos, baseado numa prova única desenvolvida em semanas, ou até uns mesitos, que consiste, em contar a vidinha da pessoa, de forma estruturada, a lembrar um curriculum vitae europeu. E quem o exclama são estas novas formadoras do broxe fácil, que arranjam formações a 15 euros à hora, e depois é só mania naquelas coninha
 coninhas, dizia eu, depiladas à volta, género tias alices, com focinhos de canixes, e a armar.

 Os putos... Os putos querem as internetes para ir ao Hi5 foder, simples quanto isso. Conhecem o Office, porque é uma séca, mas por vezes isso fala-se nas tic´s, sabem a muito esforço ver videos de motas no utubas, e o MSN para combinar flash mob´s a dois, enfim, o Hi5 como uma vez uma gaja me disse: "é para ir todos os dias mudar o fundo para cor-de-rosa e colocar fives nos amigos"...  e chega que a internet a mim mete-me nojo, por isso é que eu tenho a minha internet, onde não entra esta escória toda.

Loja Zara diz:
 precisamente, a questão é essa. A internet era um sítio onde os putos fixes acabavam todos por se conhecer e agrupar à volta dos conceitos intelectuais que partilhavam  e assim brotavam novas a bonitas amizades

Doctor House diz:
 já não há conceitos intelectuais, a meu ver à modas de consumo rápido, e senão absorvem perdem o comboio e ficam em casa sozinhos a masturbarem-se todos os dias.
 nós levamos por tabela reagimos contra isto  e não tinhamos que o fazer  mas é tudo já tão generalizado, que saimos lesados e influenciados

Loja Zara diz:
 às vezes ainda apanho umas ovelhas tresmalhadas  que rapidamente ficam deslumbradas com as potencialidades e o mundo que não conhecem, até mete impressão

Doctor House diz:
 vivemos tempos iguais à duração da sola de umas nike air jordan, rápidos efémeros e sujos, onde não se reaje... só se salta salta, até partir e ficar mortalmente ferido e com a desculpa certa para não largar o sofá.

Loja Zara diz:
 salvo seja, fala por ti, se bem q pronto, tb n posso falar muito, tou enfiado no sotão

Doctor House diz:
 eu falo dos outros

Loja Zara diz:
 nem sofá tenho, caralho

Doctor House diz:
 não é de mim, de mim? de mim, basta-me dizer, que me estou a cagar para esta sociedade de merda, para este poço sem fundo, de atrasados mentais acomodados, e os bimbos saltam todos os dias, eu há muito tempo que me defini como outsider, louco insano, onde ninguém me toca porque eu não deixo

Loja Zara diz:
 same here

Doctor House diz:
 mas vendo bem, esta sociedade de merda interessa-me, para continuar a manter os meus pequenos prazeres

Loja Zara diz:
 sim, a partir do momento que percebes cm funciona, dá para começar a manipular as ovelhas

Doctor House diz:
 a nossa pátria são marcas que sulcam os nossos centros do prazer, apesar dos germes humanos em micose absoluta

Loja Zara diz:
 um gajo até passou anos a tentar estabelecer relações de forma honesta e genuína...e só apanhou com merda na cara então agora nem sequer causa peso na consciência manipular os vermes psychokilllllaahh ahhahaaa

Doctor House diz:
 a verdade é uma forma absoluta de priveligiar a vida e não a fótocopia, sou a favor da verdade, mas a verdade é ganha e merecida por quem o demonstre, de resto só levam rolos de merda de elefante

Loja Zara diz:
 pois é...mas cada vez que penso "que atrasado(s) mental(is)" é um bocado desesperante este mar de misantropia, é complicado reagir sem ser com letargia e aborrecimento

Doctor House diz:
 é desprezo puro e duro

Loja Zara diz:
 a n ser quando estão envolvidos os tais pequenos prazeres, sim, mas torna-se cíclico e morres de aborrecimento

Doctor House diz:
 e por vezes em conversas como estas, até podemos rir desses seres humanoides que não são mais que esterco que aprenderam a rebolar na vidinha deles. depende do prazer que geras, e o grau de auto-conhecimento que esperas adquirir com as situações, eu elimino a auto-lamentação de actos estúpidos e passo para a surrealização, o que me enche o ego, e a estima, basta tentar perceber a anedota que poderá ter um calhau do outro lado.

Loja Zara diz:
 acho q tb faço um pouco isso
 de qq forma espero esta semana
 BAZAR DE CASA DOS PAPÁS
 por falta de autonomia económica
 fui-me deixando ficar
 deglutindo fezes diariamente
 enfim
 nem sequer vivi uma adolescência em condições
 a cena mais radical que tive foram umas calças elásticas em 1994

Doctor House diz:
 as coisas senão são vividas a seu tempo, enchem como cogumelos invisiveis na face, e como organismos fungosos, são um fungo em potência que ao acordares já fora do seu tempo, o que trazem? Fungos, e ceninhas género musgo escorregadio e mal inacabado do presépio, primeiro começa pela cara, e depois desce às partes que freud cita como o coração do homem: o caralho pois. Senão vives as ganzinhas,
 o sexo em grupo, as violações de putas com a facilidade de um vinho do porto um charro, e uma pila nos seus cuzinhos e depois choram, mas é bom, senão vives as barrelas onde se mete erva que provoca alergias na zona genital e se rapam os púbicos, senão apanhas uma bebedeira daquelas, que quando chegas a casa depois de estourares 100 euros em vinho com putas com ar de bisavós da faia piscatória

 e no processo vomitas a casa toda dos papás, e és durante uma semana, um adolescente mau e sujo para a mamã, mas para o papá és ascendido a filho macho com pila de Homem grande que vai às putas, e ele vai contar a toda a gente, e deixa de estar em causa o sexo com paneleiros, porque és macho, porque  és bruto e embebedas-te, e o teu pai torna-se durante 5 segundos uma bradshaw de sexo e a cidade,

 e quer saber tudo tudo tudo sobre as putas, o absinto, e com quem andaste, para saber qual é a matal fixe de 75 que foi à tropa contigo. Ele chora por dentro! Ele revê-se em ti, e isso é tudo o que interessa para um pai. E tu deixas de ser o  teenager dos pêlos a imitar a barba dos trolls, atinges o grau de ícone de filho de família, já podes dar umas, já podes mijar no vaso, já te têm todo conquistado, e retóricamente tu és o MAN! tu já não tens que demonstrar por A+B porque é que curtes maricas do electro, e nunca mais terás que justificar os cabelinhos com gel imprimidos para a frente em rockabilly mas mais cure, fazendo uma abóboda de cabelos em vaso ao contrário que te caiem pela cara abaixo. Passas a ter noção que podes tatuar o corpo, e colocar um piercing. Os pais honram-te!

Loja Mango diz:
Posso entrar?!

Doctor House diz:
Mango desculpa, mas tu estás bem é a vender roupinha às monstras e pitinhas monstras deste Portugal, mete-te a andar daqui para fora.

Loja Mango diz:
Mas eu tenho culpa?

Doctor House diz:
Criaste um nicho de mercado, onde as mulheres vão buscar  para mostrar a marca MANGO, sentido-se fémeas de verdade, conas ardentes e prestáveis. Fizeste delas, simples putas servas e sem um mero gosto, em infinita repetição monocórdica, devias ter vergonha. Mango mango mango, escrito em todo o lado, vacas com mango a verde nas mamas descaídas, não há pachorra!

Doctor House diz:
 as coisas a seu tempo são importantissimas, ora vê senão dás o momento "sexo e a cidade" ao papá
 ou se a mãe fica eternamente sem te achar um sujo e porco  ficarás para sempre na estante dos rótulos que se dão aos meninos virgens, maluquinhos, incompreendidos
 e a asa da mãe galinha irá ser maior que as asas das outras mães  chamar cabra a uma mãe é saudável

Loja Zara diz:
 a mim nem sequer me deixavam sair

Doctor House diz:
 desenvolve até mais rápidamente o processo

Loja Zara diz:
 e dps era alto controlo via telemóvel
 smp a chatear

Doctor House diz:
 é bom que uma mãe saiba que o filho também fode, e é bom que um filho também saiba que uma mãe também fode

Loja Zara diz:
 da minha parte essa realização surgiu bastante cedo
 pré-teens até, achei normal e compreensível
 tenho uma abordagem bastante analítica À realidade
 penso sempre fora-da-caixa

Doctor House diz:
 mas que gera em ti um efeito, de pantufa (daquelas grandes, com bonecos à frente), para onde vais, assentas o pé fofinho no chão, e toda a gente te vê primeiro, porque as pantufas são o máximo um dia, depois...

Loja Zara diz:
 como um observador omnipotente
 ou diria mais, observador externo e inatingível

Doctor House diz:
 mas essa omnipresença pode ser amputadora da realidade... se vês tudo, se sabes tudo, adivinhas com precisão o resultado das investidas das tuas acções, e o que acontece? Como qualquer inteligência artificial de qualquer computador, acabas por não desgastar-te a ti próprio porque já dominas a situação e a situação tem um desfecho cagado.
 é um fardo saber tudo, ou ter quase sempre a razão

Loja Zara diz:
 claro q é, n a defendo, apenas foi o que foi acontecendo, ou acho eu, de resto sou uma perfeita desilusão, o ideal máximo caseiro é o pequeno burgu~es

Doctor House diz:
 e que vida vives? Os trolls e vizinhos dos prédios ao lado, cagam à mesma hora, tomam banho à mesma hora, e imagine-se! Até batem nos filhos à mesma hora. Agora é esperar uns anos, e perceber quais os filhos educados nesta periferia a preto-e-branco que vão iniciar o espancamento aos pais. Há maneiras de espancar sem ser com a mão.

Loja Zara diz:
 origem humilde, teve oportunidade para estudar
 formou-se em medicina
 e hoje em dia tem uma vivenda e um bruto BMW
 e é o sr.dr. reverenciado por toda a gente

Doctor House diz:
 O pequeno burguês? É aquele que bebe whiskey de 8 anos nos jantares de grupo e numa de sorriso enorme, mete na conta do grupo? E no grupo há sempre uma pequena janada do "trance" que tudo mete em causa, porque é forreta, e cria-se o fenómeno social do "burguês", o gajo que fuma os seus charros, tem o seu porno especial, e faz sempre aquele sorriso de superioridade?
 O pequeno burguês só conhece o Cutty Sark, e o universo dos gadgets com mamas de uma maxmen.
 É deste que falas?

Loja Zara diz:
 na, esse é qd mt o moderno
 falo do peq.burguês salazarista
 old school

Doctor House diz:
 O burguês dos 90´s?
 Ou o burguês que um dia era fã dos sex pistols, porque era moda

Loja Zara diz:
 basicamente o único medidor de sucesso existencial é o dinheiro e claro, a boa moral, mas isso n há problema desde que bem justificado e/ou escondido

Doctor House diz:
 o burguês para mim é um país chamado holanda, que fode tudo e todos, desde que enriqueça
 é esta a máxima

Loja Zara diz:
 estás a ver um comunista a viver numa família de nazis?
 acho q se pode resumir um bocado assim o drama dos últimos 15 anos

Doctor House diz:
 quem não quer enriquecer, e só quer curtir e andar por cá sem chatear ninguém, podia quanto muito ser um Behaviorismo do sexo lânguido e monogâmico, com pitadas de vícios que facilitam o processo de nem olhar pela janela e ver o mundo lá fora. Isto é um burguês a sério para mim.

Loja Zara diz:
 um budista numa família de capitalistas
 and so forth

Doctor House diz:
 A kate Winslet ganha um oscar, porque dá umas quécas com um puto com um caralho enorme, e bate com força numa mesa castanha quando é julgada por ter deixado arder 300 mulheres numa igreja.

Loja Zara diz:
 manipulado e oprimido pela falta de poder económico
 e pelo próprio medo de enfrentar um possível mundo de sem-abrigo e miséria

Doctor House diz:
 Este oscar é burguês, tenta rejeitar o sentido de culpa histórica com uma breve absorção do tempo num culminar físico numa mesa, com o ar doce - o mesmo ar doce de sempre!!! - a burguesia quer o bem através do desdém.
 então a burguesia é o quê?

Loja Zara diz:
 colocar os bens materiais acima de todos os outros?
 e usá-los como medidor de sucesso

Doctor House diz:
 Falhas graves e profundas no macaco-homem, que o deixam tão à deriva nas cabalas e cenas falocráticas de cada religião (imagina a pissa do buda, nunca se fala nela), e com algodão cartesiano aqui e ali, promove-se todo um conjunto de acções disculpatórias, e voilá, temos um burguês que se preocupa, mas renega-se aos seus hábitos perdoáveis, porque se preocupa.
 sim! É como os lions em portugal, cambada de chupistas e broxistas. Vivem de almoços, dão-se como famílias indianas, casam por interesses, e eles comem-nas à grande e francesa em rodelas de cocaína que enevergonhariam as casas de banho das gajas do lux, e depois a merda da maçonaria, prontinhos para ferrar a dentadura-tubarão. Onde iamos? Eu odeio élites, especialmente aquelas que vestem uma cruz
 vermelha.  Vamos dizer o quê? Nada, isto ultrapassa o burguês, ele mede-se pela maxmen, pela men´s health, e por estrógénio dos ginásios e solários, e ugh´s ughs dos seguranças das discotecas... argh.



(continua)


publicado por Bisbilhoteiro às 05:59
link do post | comentar | favorito
|
Segunda-feira, 23 de Fevereiro de 2009

100 cenas para ires às putas

hahahah, é este o espirito!



100 Dances / 100 Songs

001. Heart of Glass / Blondie
002. Jimmy / M.I.A.
003. Deceptacon / Le Tigre
004. Im on Fire / 5000 Volts
005. Je Veux Te Voir / YELLE
006. The Way I Are / Timbaland
007. Too Young / Phoenix
008. Over And Over / Hot Chip
009. Stick It To The Pimp / Peaches
010. Say My Name / Destiny's Child
011. Pin / Yeah Yeah Yeahs
012. Geremia / Bonde Do Role
013. Let Me Clear My Throat / DJ Kool
014. Point Of No Return / Expose
015. Bubble Sex / The Seebach Band
016. Pump Up the Jam / Technotronic
017. Let's Make Love And Listen To Death From Above / CSS
018. Hella Nervous / Gravy Train
019. Me Plus One / Annie
020. Don't Go / Yaz
021. Bootylicious / Destiny's Child
022. Electric Feel / MGMT
023. Boys Don't Cry / The Cure
024. Lose Control / Missy Elliott
025. Ride The Lightning / Evans And Eagles
026. Don't Stop 'Til You Get Enough / Michael Jackson
027. Hearts On Fire / Cut Copy
028. Tainted Love / Soft Cell
029. Between Us & Them / Moving Units
030. It Feels Good / Tony Toni Tone
031. Polaris (Club Mix) / Cyber People
032. You Never Can Tell / Chuck Berry
033. Huddle Formation / The Go! Team
034. Pump That / FannyPack
035. My Love / Justin Timberlake
036. Hung Up / Madonna
037. Justice - D.A.N.C.E (MSTRKRFT Remix) / Justice
038. Cybernetic Love / Casco
039. Creep / TLC
040. When I Hear Music / Debbie Deb
041. B.O.B. / Outkast
042. Bubble Pop Electric / Gwen Stefani
043. Miss You Much / Janet Jackson
044. You Spin Me Round / Dead Or Alive
045. Slide In / Goldfrapp
046. Kelly / Van She
047. Mine Fore Life / The Sounds
048. Disco Heat / Calvin Harris
049. Nighttiming / Coconut Records
050. Club Action / Yo Majesty
051. Pogo / Digitalism
052. Lip Gloss / Lil Mama
053. Heartbeats / The Knife
054. Enola Gay / OMD
055. Goodbye Girls / Broadcast
056. Kids In America / Kim Wilde
057. Kiss / Prince
058. Tenderness / General Public
059. Push It / Salt N Pepa
060. Circle, Square, Triangle / Test Icicles
061. Day 'N' Nite (Crookers Remix) / Kid Cudi
062. Shadows / Midnight Juggernauts
063. Paris (Aeroplane Remix) / Friendly Fires
064. Out At The Pictures / Hot Chip
065. Me Myself and I / De La Soul
066. AudioTrack 10 / Diplo
067. Girls & Boys / Blur
068. Heater / Samim
069. I Wanna Dance With Somebody / Whitney Houston
070. Hands In The Air / Girl Talk
071. Limited Edition OJ Slammer / Cadence Weapon
072. Meeting In The Ladys Room / Mary Jane Girls
073. NY Lipps / Soulwax
074. Lex / Ratatat
075. Gravity's Rainbow (Soulwax Remix) / Steve Aoki
076. Once In A Lifetime / Talking Heads
077. Leave It Alone / Operator Please
078. Half Mast / Empire Of The Sun
079. Hardcore Girls / Count and Sinden feat. Rye Rye
080. Dance, Dance, Dance / Lykke Li
081. Never Gonna Get It / En Vogue
082. Blue Monday / New Order
083. Crazy In Love (Featuring Jay-Z) / Beyoncé
084. 10 Dollar / M.I.A.
085. Love To Love You Baby / Donna Summer
086. Steppin' Out / Lo-Fi-Fnk
087. Karle Pyar Karle / Asha Bhosle
088. Love Will Tear Us Apart / Joy Division
089. Straight Up / Paula Abdul
090. My Drive Thru / Santogold, Casablancas, NERD
091. Like A Prayer / Madonna
092. Freedom 90 / George Michael
093. Black & Gold / Sam Sparro
094. B-O-O-T-A-Y / Spank Rock and Benny Blanco
095. Great Dj / The Ting Tings
096. In A Dream / Rockell
097. Don't Stop the Music / Rihanna
098. Hong Kong Garden / Siouxsie & The Banshees
099. It's Tricky / D.M.C.
100. Bizarre Love Triangle / New Order


BOOMBOX from Ely Kim on Vimeo.

tags:

publicado por Bisbilhoteiro às 23:28
link do post | comentar | favorito
|

Anão come canguru guloso só com um dente

a vida a ferver
a vida é um pau de fósforo
 frágil e quebradiço

 

 mas tem uma chama enigmática que se pode apagar com a mais pequena aragem

sem preparar nada na colher, o drogado agitado percorre a razão nesga, e finta-lhe aquele olhar, de quem espera pela filhota de 6 anos à porta do infantário (sim ela é monga e já devia andar na primeira classe), é a ressaca, ela vem aí

 

"sorria. o sorriso ouve-se nas palavras quando fala ao telefone"
 as chain letters enchem-nos destas parangonas
 por acaso ando a ler o trainspotting pela 2ª vez

 

 bando de junkies
 a aleatoriedade deles consegue ser mais coerente do que a maioria das vidas que conheço

 

chuta-me esse som na veia
 vou masé escrever edge founds
 letras precárias
 com ups and downs psicologicos
 como tributo às bolsas de valores

 

se eu fosse um cobertor, apertava-te os flashs que te saiem dos olhos, e punha-os a render perto de ovários, gerando milhões de explosões, com facilidade teria pequenos humanoides de buço fácil hitleriano e todos ficaríamos cegos com tanta luz, onde judeus poderiam arder sem pudor, pretos na cruz do kluklu, e caucasianos a serem enrrabados pelo tamanho acrescentado de cada fé forjada por essa cruz
 do homem quase nú, onde o seu grande sexo vive tapado por fraldas de bébé embebidas em sangue ouriço-cacheiro que lhe vêem das ventas até ao repouso da virilha cansada. Sois drogado? Entrai!

 

esse estilo messiânico lavrará a terra

 Jugulado na jugula num jungle de jesus jubileu, todos juntam jesúitas jonas e jonatas, em jihad´s jesúitas e in(justas) como forma de juramento na garagem urbana justamente oferta da discoteca dos teus neurónios felizes, o jungle jaz depois do techno e do house de merda, num decorado blue de jackelin kennedy, azul morto, azul cuspo, num mar áustero e primitivo onde a jangada dos antropóides
 relevou o esquema em vertical diarréias, como as societys modernas lhes chamam, e onde tudo anda em jesum para adorarem só os ataques renais, os vícios cardiovasculares, enfim cancro e vida, e morte e celulares e conas que devem ser paridas ao final do mês. O talho discoteca com musiquinha espanhola é o compasso certo da missão do babuíno que desenvolveu o caralho e o polegar. O nariz cresceu,
 e ficou um ser pinóquio mas sem púbicos nem pluma dental, ele fala para dentro e mente para fora. É urgente forças as diatópicas anais e cometer diastráticas mesmo na vagina, desde o fonético-fonológico, ao léxico-linguado, ao morfosintático do coito em próprios machos com machos. É tudo semântico e colhido dos cornos. O organismo das orgias

 transformar-se-à por meio dos jogos cínicos de leitura para orgasmos, as putas citadinas cobras espertinas vão deixar de abocanhar-se as irmãs venenosas, para só singrarem com a cona no mercado dos caralhos bacamartes gigantes de pretos ofegantes, em enchimento profundo. Sexo é a resposta. Um homorganic transitional segment for the representing the other segments of clows

 A plateia quer um discurso sério, sem maneirisimos e bichas fétidas, inteligentes até, onde o significado seja concanetativo e com naturalidade. Um orgasmo deverá ser sempre um A A A e não um lânguido desnorteado A escorregadio!


publicado por Bisbilhoteiro às 23:19
link do post | comentar | favorito
|
Domingo, 15 de Fevereiro de 2009

Conversas com o Doctor House

Gestapo diz:

 

Mamar aguardente e a pesquisar candeeiros on-line

Passei o dia com uma conga deslavada!

Rata cheira de bicharocos

 

Doutor House diz:

 

E não lavastes-lhe a cona?

 

Gestapo diz:

 

não a ia estar a esfolhar com aquela medra assim!

tb nao sou assim tanto de porco

tem tudo o seu limite!!

 

Doctor House diz:

lavastes-lhe a cona com aguardente para fazer minete!

 

Gestapo diz:

por mim merdas tipo SM, oleos, alegemas

fds naquilo é que nao metia lá a lingua agora!

Eu bem tinha essa intenção

aliás tínhamos todos achacada

 

Doctor House diz:

aguardente desinfecta!

 

Gestapo diz:

mas aquilo assim nao!

   fds mas nao a 100%

(eu e ela) para a rata toda não

e aquilo vem-se tudo e cheira mal pra caralho

fds ginecologia! foda-se!!! tá quieto

   depois é todas as gajas que conheces e que cheiram mal da rata a baterem-te à porta!

 

Doctor House diz:

mas quando vem-se cheira bem!

 

Gestapo diz:

eu quero é que elas me batam à porta para foder!

 

Doctor House diz:

ela mijou-se ou foi mesmo o liquido orgânico que o organismo expele depois da cena?

 

Gestapo diz:

vem-se no sentido de sair nhanha

 

Doctor House diz:

espremeste-lhe a bexiga com o caralho!

Ritalina, benzina e um pozinho de pau de Cabinda, fazem do anão um ogre vergalhão!

 

Gestapo diz:

Não é orgasmo como nós

que até serve para ver o grau de tesão/ depravaras!

há uma expressão genial que um amigo  meu me contou e que eu anotei de imediato!!

“já tenho o branco até aos olhos”

 

Doctor House diz:

e veio-se muito?

esguichou?!

ou foi em soluços?

 

Gestapo diz:

ela é mais convulsiva! ahahahahaha

ela hoje chamou-me javardo e porco!!

 

Doctor House diz:

boa! é porque tem a cona treinadinha! Ela não precisa de aparatos que vão da borracha ao metal, para lhe induzirem o meio caminho andado para a cena do orgasmo.

 

Gestapo diz:

adoro!! 

 

Doctor House diz:

javardo e porco?

esfregastes-lhe a nhanha?

 

Gestapo diz:

Tudo porque andei com a mão numa rata no dia em que morreu uma pessoa chegada

já não há compreensão pela vida foda-se...

 

Doctor House diz:

?!

 

Gestapo diz:

é pá quis mandar uma foda na cozinha, mas era má onda se alguém nos canasse...né!!??

mas depois ficamo-nos por acções debaixo da mesa do jantar ahahahahah

enquanto o people estava todo à mesa (incluindo as nossas famílias)

ahahahahahah

adoro estas merdas

 

Doctor House diz:

nada tranquiliza mais que uma cona

eu entendo-te!

 

Gestapo diz:

merdas*...ganhei-lhe o gosto com outra gaja igualmente ninfomaniaca também com os pais ao final da tarde e quando tinha eu os meus 15 anitos ahahaha

 

Doctor House diz:

é quase freudiana a minha compreensão! Mas ocorre-me mais salvar as fés dos miseráveis que habitam quase-quase debaixo da minha cama. Corro sempre em seu salvamento, não forço, mas também não idealizo outra coisa, no dia que corre mal, eles estarão debaixo da cama, até que me drogo, e passa.

 

Gestapo diz:

e o velório foi cá em casa

e pois...

ela chegou mais tarde e foda-se...

 

Doctor House diz:

mas quando foi exactamente isso?

 

Gestapo diz:

tinha as hormonas todas avariadas ahahahaha

13 de Março de 2006

 

Doctor House diz:

e lembraste-te e pusestes-lhe a mão...

tá certo...

parece-me bem...

 

Gestapo diz:

Santa foda, foda-se! É claro, depois de estar-mos na cozinha onde só me apeteceu puxar-lhe o vestidinho para cima (adoro-a com aquele vestido e adoro o vestido nela!), tipo de lã e curtinho, que tusa que aquilo me dá! Adoro cenas assim que é só levantar com a mão e enterra-lo todo!

 

Doctor House diz:

méméeeéeééé

melhor que isso é mesmo sem nada

Nuazinha pela casa

 

Gestapo diz:

ya claro

nisso somos peritos!

andar nus pela casa a foder por tudo quanto é canto

yeaaaaaahhh!!!!!!!!!!!!!!!!

 

Doctor House diz:

és como um coelho da quinta

20 segundos em cada esquina!!!

 

Gestapo diz:

ya

Foda-se é pá eu acho q sou quase anormal no sentido de poder passar o dia a foder

mas já conheci várias que também são assim

e como tal não podemos ser doentes!

 

Doctor House diz:

Se fodes é porque podes! E a normalidade é o padrão adquirido, se há mais, está tudo bem. Há mais não é? É muita foda.

 

Gestapo diz:

somos uma variante da norma - e a meu ver a melhor variante!!

 

Gestapo diz:

ya

nao entendo como é q há gajas que não fodem

aquela merda não se cola toda?

nao sei como é que não sentem necessidade...foda-se

 


publicado por Bisbilhoteiro às 23:02
link do post | comentar | favorito
|
Quarta-feira, 11 de Fevereiro de 2009

Porcas testiculares

 

tags:

publicado por Bisbilhoteiro às 06:54
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|
Terça-feira, 10 de Fevereiro de 2009

Ode à Pintura que realça o sentimento de um amor para sempre

Danifiquei a fina precisão

e de encolhido passou-se a um acto forte,

sem esgrima possível,

e desliguei as lágrimas

que não pararam de cair,

e doei o meu calor sentimento

e despi-me, em bandeja

na horizontal fugiu

e ficou o vento.

 

Ó dor que vens,

as pernas rangem os ossos da idade,

prejuízo ensonado e agora acordado

reatou-se o fogo que já não arde,

deixa-me de olhos cerrados,

com força e maxilares tensos fixados crivados,

eu grito o vento,

e respiro da fundeza

é um piano, podia,

das cartilagens às articulações tudo range,

sou uma porta que abre, abre, abre,

e expludo em cotovelos, braços,

e na sequela sou contaminado por mais teclas,

e farpas, e harpas, e pianos, e porões e foguetões,

dum astro ao servo de picasso,

eu rodo em cima de testículos alados,

hoje não compenetrados,

e rodado em rodízio de carne humana tão pouco formosa,

sou dado, fou partilhado,

apenas como desenho animado,

expludi à muito.


publicado por Bisbilhoteiro às 15:23
link do post | comentar | favorito
|

.PodCast




.pesquisar na Vaca

 

.Abril 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30


.posts recentes

. Katya Da Bimba

. Dicionário Japonês

. Blowtime

. Conversas com o Doctor Ho...

. Passion Pit: Manners

. Um asno sem sentido único...

. Relembrar a PAM#7

. Relembrar a PAM#6

. Relembrar a PAM#5

. Relembrar a PAM#4

. Youtube fuck off

. Relembrar a PAM#3

. A Vaca é Moral

. Conversas com o Doctor Ho...

. Paulo Pedroso chupa-me o ...

. FC PORCO é campeãum...

. História com continuação

. Ryu paneleira da praça

. Roisin Murphy para vocês ...

. Satanás Loves Padre Pedóf...

.arquivos

. Abril 2010

. Dezembro 2009

. Outubro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

. Dezembro 2004

. Novembro 2004

. Outubro 2004

. Setembro 2004

. Agosto 2004

. Julho 2004

. Junho 2004

. Maio 2004

. Abril 2004

. Março 2004

. Fevereiro 2004

. Janeiro 2004

. Dezembro 2003

. Novembro 2003

.tags

. todas as tags

.links

.subscrever feeds

.Rádio FLAMA ETERNA

http://84.90.106.32:8000

.Translation

.Meter

eXTReMe Tracker

.Cena

blogs SAPO

.subscrever feeds