Sábado, 30 de Junho de 2007

Conversa com o Doctor House

Eu curto de começar por baixo.
O que não curtia era passar a vida e não conseguir sair debaixo

"Eu curto" - coisa de adolescente, aliás "coisa" é ainda mais de adolescente, este simbolismo rasca arcaico-grunho-pré-histórico da "faladura" portuguesa é qualquer coisa. Culpa do pessoal do norte, e amparado pela preguicite do pessoal do sul. País de merda.

O problema é que a vida são 2 segundos, essa historia de orgulho e responsabilidade, de ir crescendo... funcionava antes dos anos 90. Agora, sabemos que há um mundo lá fora, e que o tempo não volta atrás. Perder esse mundo para contribuir para a moral parôla do zé povinho trabalhador que merece o pão que ganha... é cómico e trágico... e certo... choremos?

Eu sou como tu, mas mal possa mando tudo á merda e mostro os dentes

Embora às vezes essa seja a única opção aparentemente disponivel, como é possível, com a internet... manter essa relação equilibrada de louvor e sacrificio com a vida? não é possivel! tens engates em 3 segundos, tens vidas para conhecer, tens relações de prostituição ou turismo, tens um mundo de bares, rios bonitos, pessoas coloridas, dentes brancos, tens geografia aberta, só depende duns trocos de avião, quem é que tem cabeça para ter essa vida de anos de escravidão?

Ou tens uma namorada, que quer casar, porque o ritmo ciclo relógio biológico dela está aos saltos e quer esperma teu! já! para poder ficar em casa a domesticar, e tu a trabalhar como um mouro, o sustento da familia, do carro e da tv grande que o vizinho do lado tambem tem...
E dás um ano á relação, e já andas a por os cornos com o maior sorriso do mundo, e ela, a tua esposa, já ficou uma baleia, uma autêntica e bonita baleia, cheia de verdume debaixo das mamas flácidas e com estrias da vagina até aos pés...

Eu quero continuar livre de tudo e de todos, mas quero ter uma namorada e ser livre a dois

isso é bonito!

"Eu quero" - isso do querer, é como adoptar uma criança mongoloida, porque é a única criança que te vão dar para as mãos. Querer assim, nesses termos é realmente fácil. querer não basta! É bonito, as relações à Lisboa, como eu lhes chamo, vivem como amigos, aliás como irmãos, e cada um fode com pessoal casado - que é mais divertido - e no fim, consomem o mesmo na mesma casa, o tal espaço económico comum, até podem ter dois quartos, e dizerem perante os amigos o vosso amor total e único, mas no entanto, toma lá senhor estranho! toma lá com força!
O grande substantivo do caralho do amor à Lisboa é uma cena contemporânea, linda de aparecer num desses livros de gajos que ganham nobeis da literatura. E se dás uma de ser diferente do zé povinho - deixando de lado as excelentes obra-pimba da fáfá de belém e afins - rodeias-te do quê? Qual é o máximo na diferença? É gente indigente, pessoal com traumas de pila pequena ou de sexualidade reprimida que fumam charros como eu bebo água... isso é um idecoro para a tua maturidade mental pah!

Um drogadito que se diz alternativo é uma saída fácil.

No Lux ou na casa do mânfio no sodré, na esplanada ao sol de chinelinho de enfiar no dedo grande... manfios! Acorda pah!

Certo

Indecoro, é um córo indy, ou indie, cheio de circo, mas é tudo circo, um com luzes outro com éter que dá moca, e se corres muito rápido da luz para o escuro, arriscas-te a sofrer uma baixa de tensão, e isso ao minimo sinal, é logo suicidio, ou sinal do Deus dos pretos. Porque Deus nasceu nas africas apesar dos caucasianos de merda donos do mundo lerem e adaptarem esse livro de encher folhas, capítulos e o elitista-merdoso índice no cú quando fazes merda... Apanaceia de merda á nossa volta. E dizes que tens uma relação, a dois a três, livre e liberta... Acho bem! Posso achar? Posso apalpar-te duas coisas, esse nó horrível no pescoço, e o teu estado crível ideossincrazizado ledo.

Podes, mas não entendeste bem o que disse...


"não queres stress"

Eu queria uma relação meio a sério,

"isso dá stress"

Também me dá stress não ter gaja, apaixono-me por tudo o que vejo na rua

"se tens gaja, tens que ser fiél, ou ela descobre", em que ficamos?

Mas se eu gosto dela, isso não é problema, é problema quando ela me é infiel, por causa dos meus ciumes e insegurança.

Gostar ao fim de semana, gostar durante a semana, gostar quando ela telefona, gostar quando precisas de boleia, ou gostar numa relação comum no mesmo piso, no mesmo tudo, em que tudo é a relação? O verbo gostar é apenas um verbo, rega-o com gasolina, e faz a dança da chuva.

Eu sou daqueles que quando se apaixona perde o tesão pelas outras

As pessoas são velhas por dentro, e quando o descubrires vais vomitar em cima dela.
Se a amas, diz-me uma coisa sui generis, eras capaz de manter o cuspo do seu broche, uma tarde inteira nas cuecas, e que ele secasse por si, em honra a esse amor feudo?

Sei lá, não estou a pensar em nenhuma em especial, mas se pe tivesses perguntado isso há uns tempos, era capaz de responder que sim

Então não tens mulher alvo, tens todas. Tu desces e sobes as escadas do colombo centro comercial, para seguires as cuecas brancas desses amores da tua vida, que arranjas em cinco minutos! Isso é vaidade da pila!

Eu acho que tenho a pila pequena, mas é desses amores que sofro neste momento
amores de autocarros

mas e depois? Pila pequena, mente enorme, brincadeira garantida!

escadas rolantes
entradas de café
arrasam comigo

Rebolar em 69´s, foder de lado, remoer a vagina, como um coelho, não é necessário falo abismal, sabias?
Tu queres um objecto manequim, acorrentado em casa, mas vais atrás de brisas de perfumes de tipas que vendem em lojas tudo menos inteligência

mas eu entrei em fase de tanso há cerca de 2 anos

Loiras á muitas nas revistas dos taxistas.

pois vou, porque não tenho nada
eu hoje em dia sou a definição de tanso

se és tanso, mata o tanso, corre ao rio mais perto, e salta nú, destroi essa graça e jura não mais. Dorme e ficas bom!

e acho a minha inteligencia um estorvo, quando se trata de engates

Não me digas que não engatas em 3 segundos? Ó gajo, engatar é com os olhos.
Tau... tau... tau! Já está!

não engato
sou inseguro
sou engatado
é diferente
e vou engatado para casa

só vives uma vez... deixa o morfolismo disléxico de fora, empacota os adjectivos num saco escuro. Só precisas do lado directo e animal. Tu és um animal, os animais se têm fome abrem a boca e atacam. Não és um livro!

vou engatato para casa a pensaar que tenho de rapar os pelos do peito e cortar as unhas dos pés. ouvir david fonseca e nelly furtado
sou um animal que precisa de amor
como um gatinho que se vem roçar nas pernas

Auto-estima! Se abres a camisa, e metes meia pila de fora, não faças a barba uns dois meses, e vestes umas calças velhas e uma camisa do mais feio, assim para o havai... passas a rua, e gritas para alguém.. vais ver que essa pessoa te vai chamar de SEXY
o engate, a foda, a relação subtil mas trolha, faz-se com insensibilidade, com psicologia trocada. ?

um Dr. house proletário

Só meto a minha pila em quem me respeita pelo que sou e não por putazinhas de andar às compras
um Doctor House vadio

estou a caminhar no sentido contrário
no auge da minha falta de autoestima fui comprar uns all star de 75 euros, e vim para casa mais satisfeito
há dias fui à salsa comprar jeans de 60 euros
e vim para casa mais satisfeito
acho que é asism que consigo fazer com que as gajas me dêm atenção

isso é coisa de robot... no final acordas com essa percepção... e depois ficas fodido como foste tão otário em seguir as leias da publicidade... essas leis são para o gado... tu esqueceste momentaneamente isso. A floribela é para o gado. A tv portuguesa é para o gado. Os outdoors são para o gado. As piscinas publicas são para o gado. E tu, no entanto... caíste!
Não tens nojo?

não
aflige-me, mas quero ser como eles
só assim conseguirei impressionar gajas
as gajas boas
foda-se
ainda me falta comprar perfume e relogio, e mais calças e camisas e t-shirts e carro
foda-se
e depois disso tudo tenho de ler paulo coelho e saber as letras da nelly

As gajas boas são todas otárias não? vestem roupa colorida, passeiam na mango com olhares de ciumentas, umas pas outras, não falam de nada com os namorados, saiem em grupo e parecem galinhas, metem NOJO... e o perfume que impesta o elevador... E as paranoias dessas gajas, atam desatam dos namorados, histéricas, vitimas forçadas de espancamento, pudicas do sexo anal, ou quando estão bebadas
tá tudo bem. E mostram a casa aos amigos, os vasos laranja chique da loja de decoração onde os maridos vivem creditados. queres uma pêga reumática do socialite para te chupar tudo! Isso é ilusão. Essas gajas não servem para nada. Conas há muitas!
Conquistar uma miuda, com a roupinha da floribela, vender-lhe 10 frases decoradas dos livros do jumbo, e meter no seu carro novo do papá um cd da nelly puta furtado... Não há paciência! Aguentas isso?

eu queria isso
queria comer uma floribella
preciso disso tudo
e sinto que a minha intelectualidade incompleta está a barrar-me o caminho

Isso é fácil. Isso é o que está lá fora. A sociedade é isso tudo. É a coisa mais fácil do mundo. Não tens que pensar, basta seres mais uma pêga e teres amigos pêgas, presos em arames uns aos outros por paz podre e humor fácil. É tão booooring, tão preto-branco, tão nada. È como ir ao amoreiras ver um filme de merda, em que todos se riem e só tu não te ries, e não entendes porquê.
já me aconteceu
sinto-me o enfadonho do grupo

É sair do filme, e seguir aquela fila humana até à saída, passo a passo, enquanto ouves comentários laterais: "foi o melhor filme da minha vida", "o cão é mais inteligente que o homem", "foi por isso que eu te chamei cão"... e ficas a pensar, a pensar... que mundo é este? Mas são comentários de gente com 30, 40 anos... Quem és tu?

quando isso acontece
eu não tenho caracter para conquistar uma gaja inteligente

Mp3, pirataria, sexo anónimo, vinho, consola, putas, chapadas, correr de madrugada, violar pessoal do taxi, roubar cuecas das velhas e vestir de manhâ, chupar muito, comer bem, emborcar concertos e tertúlias do bem. Chega! Essa é a solução!

não tenho ninguém assim perto de mim
ou não conheço
e se tivesse, não estaria á altura

As gajas inteligentes, são reprimidas e reagem a tudo o que lhes é questionado, estão sempre em defesa, contra o machismo que lhes foi ensinado como coisa má pelas mães hippies. E é coisa má. Mas ainda não é nesta geração que uma gaja inteligente vai ser uma gaja como um gajo normal. Pena.

o meu problema neste momento
é que ue não sou uma coisa nem outra
não sou o beto frequentador do holmes place que cheira bem e aparece nos anuncios da vodafone
nem o dr house proletário que lê marx

manda foder o mundo. Não fodas durante um ano, odeia quem tu poderias amar só pelo cheiro.

sou a merda que está no meio

Manda foder as gajas.

quais gajas?
todas?

Num ano ganhas nova aspiração, novo poder sensual corporal odor que as vai deixar loucas, se querem gramar com a tua pessoa que te mamem!
TODAS!

e as que eu amo?

as gajas são umas putas!

As que amas, deixas de amar.

como?

Como?
Anulas o amor.
Elas que to dêm!
Porque é que tens que ser tu atrás?
Que se fodam!

como é que anulo o amor?

Com ódio!
Com nojo e ódio! Com nojo da merda!

se me sinto na merda quando não me respondem às mensagens e só me apetece ir para casa enfiar a cabeça na almofada

Transforma esse amor em merda! E tás safo.

acho isso uma aberração

Isso é coisa de miudo daizy, de escuteiro larilas...

acho contra-natura combater o amor que sinto por elas

Aberração é perderes o tempo com quem não te merece. Ainda não entendes pois não?

quem é que me merece?

A LOBOTOMIZAÇÃO acabou nos 60.
Tu não és robot, tu não és o escravo sentimental. Tu tens um balanço pra fazer ao final do dia: o bom e o mau, o usado o que usaste, em que queres ficar?
Vais ser sempre o tipico gajo que gosta de ser pau mandado? o babaca? o toni que ama tudo e todos e depois é só isso, porque o handicap deixou-te lélé e fraco...
Isso é mau!

eu quero chegar ao fim do dia e ouvir a gaja dizer que eu sou o maior

lol... és o maior porque?

porque ela me ama
ou melhor, por ela me amar

Eu sou o maior, se o merecer - essa é a lógica. O resto é demagogia de puto que cresceu a ver tom cruise.

nessa situação hipotetica

E se te ama, diz-te a verdade.
Senão és o maior, se és apenas o amor, o amado, o amante, chega!
Porque é que queres ser o cromo da relação?

não quero ser o cromo da relação
o meu orgulho afasta-me disso
mas sinto-me fraco demais para o combater quando amo uma gaja

Uma relação é uma luta a dois, é árdua, e os fracos desistem ao principio. Se queres uma gaja que te chame coisas bonitas, compra um daqueles pássaros que repetem frases.

eu sou dos que desiste ao principio

Se amas de verdade, sê tu próprio, e tira as mãos dos bolsos, deixa de olhar para o chão, não arranjes desculpas com o telemovel, NÂO SEJAS AUTISTA, sai desse teu mundo só teu. Se amas, o mundo deve ser aberto, deves sorrir para todos, gritar com o mundo. Questiona tudo, até debaixo das pedras.
Isso é amor, o amor vê-se, apalpa-se, não vês? Se amas, as pessoas devem reparar, e sim serás o maior.
vou pro sofá. Beijo

voltas quando?


O doctor house está sempre presente....


publicado por Bisbilhoteiro às 18:07
link do post | comentar | favorito
|
4 comentários:
De KLATUU o embuçado a 18 de Julho de 2007 às 16:35
JAJAJAJAJA!!! Muito fixe este blog.


De Anónimo a 20 de Julho de 2007 às 01:35
Escreves muito bem. Mas acho que és negativo demais para encontrares aquilo que procuras. És demasiado polido para o mundo do séc. XXI. Toda a gente (que não se esqueceu do cérebro dentro vagina da mãe) se sente assim de vez em quando. Em relação às mulheres (falo disto, porque sinto uma certa obrigação em defender o meu género), a natureza teve de equilibrar as coisas (sim, eu uso este substantivo, mas infelizmente já não tenho burbulhas na cara, nem vivo amores platónicos, nem tenho sonhos irreais e inatingíveis): se as mulheres bonitas fossem inteligentes, o que acontecia às feias? Só lhes restavam os broncos, azeiteiros, comedores de tremoços e afins. Agora que já te lambi o rabinho, vamos ao que interessa:
escreves bem, mas será que também falas?! Será que fazes MESMO alguma coisa por ti? Não eras ninguém se não houvesse ninguém. Este texto não valia de nada, se ninguém o viesse ler...E se não quisesses que o lêssem, não o punhas online (à mão de semear). Em vez de ficares em casa a remoer a tua desgraça/infelicidade/raiva/(...acho que não sinto necessidade nenhuma de fazer textos lírico/pseudo/..., porque infelizmente, não tenho o teu talento, nem sinto essa necessidade), sai e conhece pessoas...Não interessa se são parolas, ou ignorantes, ou cheiram a isto ou aquilo, vai e recolhe informação...Mas não deste tipo, que te desmoralizam e a todo o turista que tenha o azar de o ler. Pensar é bom, mas também nos pode fazer muito mal, porque o parar e pensar, faz-nos perceber que estamos mesmo sós, num universo de anormais. Há que não racionalizar demasiado o que é mau, nem o valorizar. A Floribella é uma merda, em todo o seu processo. E depois? É só olhar para o outro lado, e reparar que até vai haver um concerto, uma festa, uma outra cidade, o que for.
Estavas a falar mal das pessoas do Norte. Eu sou de Braga, falo mal e sinceramente estou-me cagando pelas pernas abaixo, directamente para a boca aberta de quem está no nível inferior, a mandar vir filetes estragados. Agora, se pensas que é em Lisboa que vais encontrar o que queres, esquece. Eu vivi no Cacém (a vossa pérola de arredor, uma jóia mesmo) e fiz a vossa vidinha de formiguinha, que trabalha, trabalha, trabalha....Que riso! Felizmente, não foi situação duradoura, porque senão podia ser eu (com menos qualidade e interesse, está visto), a produzir esse texto malcheiroso, cheio de pús.
Tira o pé do chinelo e muda a tua vida. Estás à espera de quê? De ser o escolhido? De que te adianta queixar tanto, se depois te sentas, escreves e a seguir vais ao tasco da esquina beber a bica e ler o jornal, ver o filme do Mickey, como os outros?!
Tanta queixa, pouca mudança e tanta embirrice soa sabes a quê? MIMO, meu menino, daquele dos meninos bem, que o papá e a mamã pagaram tudo, mas mesmo assim, o menino não tá feliz, pq, pq, pq...
Nós cá em cima podemos ser parolos, falar mal (que é bem verdade, é uma vergonha, mas não cheiramos a perdume barato), mas VIVEMOS à brava a vida. Bebemos, comemos, fodemos, brincamos, choramos, tudo com calma, tudo com vontade.

Se calhar....Se soubesses mesmo o significado da palavra CURTIR, eras um gajo mais feliz. Ou não...(só acrescentei isto, para dar aquele cliché idiota de quem não tem mais para dizer, já falou demais e tá com pressa de sair, com um grupo mânfios [essa expressão parece do meu pai...actualiza-te, por favor, que não tás a ficar mais novo] pessoas que sabem aproveitar a vida e curtir, curtir, curtir....PS: Os mânfios (LOL) não têm complexo de pila pequena, nem cerebro reduzido, pq eu vivo com um há nove anos e não me queixo de uma coisa nem outra. Se calhar tb sofro do mesmo problema e não noto...Que bom para mim!


De Anónimo a 20 de Julho de 2007 às 01:36
Não assinei, pq não tenho conta neste serviço de merda. Passar bem. O teu blog é bem bom. Sem ressentimentos.


De vacapodre a 23 de Julho de 2007 às 01:50
caro anonimo, este dialogo a dois, trata'se de uma reflexaum mais ou menos real do mundo lah fora... uma merda, pois ja sabemos. Nao sou de lisboa, tenho mais apetencia pelo norte, mas mas mas... a merda encontrase em toda a parte... enfim.


tanta gente ke nao consegue ser realmente gente, sem ter que imitar... estah mal, mas eh o dia a dia.

obrigado pelo comment!

mudar o mundo como? os futebois, a tv, a vizinha do lado, o parece bem, nao permite tal.


Comentar post

.PodCast




.pesquisar na Vaca

 

.Abril 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30


.posts recentes

. Katya Da Bimba

. Dicionário Japonês

. Blowtime

. Conversas com o Doctor Ho...

. Passion Pit: Manners

. Um asno sem sentido único...

. Relembrar a PAM#7

. Relembrar a PAM#6

. Relembrar a PAM#5

. Relembrar a PAM#4

. Youtube fuck off

. Relembrar a PAM#3

. A Vaca é Moral

. Conversas com o Doctor Ho...

. Paulo Pedroso chupa-me o ...

. FC PORCO é campeãum...

. História com continuação

. Ryu paneleira da praça

. Roisin Murphy para vocês ...

. Satanás Loves Padre Pedóf...

.arquivos

. Abril 2010

. Dezembro 2009

. Outubro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

. Dezembro 2004

. Novembro 2004

. Outubro 2004

. Setembro 2004

. Agosto 2004

. Julho 2004

. Junho 2004

. Maio 2004

. Abril 2004

. Março 2004

. Fevereiro 2004

. Janeiro 2004

. Dezembro 2003

. Novembro 2003

.tags

. todas as tags

.links

.subscrever feeds

.Rádio FLAMA ETERNA

http://84.90.106.32:8000

.Translation

.Meter

eXTReMe Tracker

.Cena

blogs SAPO

.subscrever feeds