Terça-feira, 14 de Fevereiro de 2006

vantagem de ser como eu

Este blog assusta-me.
Há dias em que me preparo para verter as últimas gotas acumuladas. Medito dez a doze minutos, mastigo umas sílabas, dou uns pulinhos para aquecer e lá vou eu.
Mas assim que dou com este fundo branco onde se escreve, afloram os pensamentos de inerteza quântica, e já só tenho vontade de não fazer sentido nenhum.
Depois caio no mais fácil: ponho um qualquer hit em loop com som elevado para não ter de ouvir mais a entidade racional e desato a debitar ideias soltas numa amálgama de frases e letras aleatórias.
Termino quando me apetece. Tento apenas acabar, ou com um inesperado choque electrizante, ou com algo que "rime" com o que disse acima, dando a ilusão de que afinal tudo estava pensado e intimanente ligado. Tcharannn!
É isto a arte de fingir. Ou pensando melhor, de artístico tem muito pouco, mas o fingir está lá... "O poeta é um fingidor" mas o recíproco raramente se verifica.
Porém algo me guia no meio de tudo isto. O medo de sofismos fáceis é um dos moderadores e, actualmente, leva-me a achar este, mais um texto pretensioso.
Assim urge uma vontade de baloiçar.
O receio de cair no ridiculo do racionalismo exagerado, leva-me a complicar a escrita com o intuito de me auto-confundir (e nao a quem lê, embora uma coisa leve à outra) e desta forma aliviar a tensão recém estabelecida. Este complicar, que pouco tem de complicado, surge sob a forma de ideias soltas, carimbadas rapidamente umas atrás das outras, não dando tempo sequer de serem assimiladas nem por mim, nem por ninguém!
Daí a ideia de baloiçar.
Há, no entando uma ou outra palvra importante no meio de tudo isto. São estas palavras que vão marcar características no desenho e, no fundo, toda a contenda. Sem essas palabras, a coisa perdia a sua identidade. Não se trata, porém, de palavras exóticas soltas! São conjuntos de três ou quatro palavrinhas mágicamente interligadas numa ideia invulgar e inesperada. E é com elas que fazemos o retrato mental do texto. É na sua ideia subjacente que pensamos quando falamos sobre o acontecimento. E noto que raramente se tratam das palavrinhas do título...
A falta de ideias normalmente precipita uma história para o seu final.
E há uns mais desajeitados que outros.

publicado por Bisbilhoteiro às 05:47
link do post | comentar | favorito
|
2 comentários:
De prince a 15 de Fevereiro de 2006 às 02:17
you sexy motherfucker!


De sidsidsid a 14 de Fevereiro de 2006 às 14:16
you sexy motherfucker!


Comentar post

.PodCast




.pesquisar na Vaca

 

.Abril 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30


.posts recentes

. Katya Da Bimba

. Dicionário Japonês

. Blowtime

. Conversas com o Doctor Ho...

. Passion Pit: Manners

. Um asno sem sentido único...

. Relembrar a PAM#7

. Relembrar a PAM#6

. Relembrar a PAM#5

. Relembrar a PAM#4

. Youtube fuck off

. Relembrar a PAM#3

. A Vaca é Moral

. Conversas com o Doctor Ho...

. Paulo Pedroso chupa-me o ...

. FC PORCO é campeãum...

. História com continuação

. Ryu paneleira da praça

. Roisin Murphy para vocês ...

. Satanás Loves Padre Pedóf...

.arquivos

. Abril 2010

. Dezembro 2009

. Outubro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

. Dezembro 2004

. Novembro 2004

. Outubro 2004

. Setembro 2004

. Agosto 2004

. Julho 2004

. Junho 2004

. Maio 2004

. Abril 2004

. Março 2004

. Fevereiro 2004

. Janeiro 2004

. Dezembro 2003

. Novembro 2003

.tags

. todas as tags

.links

.subscrever feeds

.Rádio FLAMA ETERNA

http://84.90.106.32:8000

.Translation

.Meter

eXTReMe Tracker

.Cena

blogs SAPO

.subscrever feeds