Terça-feira, 9 de Agosto de 2005

Sudoeste 2005 [Crítica]

Testículos no espaço diz:
O FESTIVAL COMO FOI? CONTA-ME TUDO


Ok, vou já contar, foi assim...
o Festival foi muito interessante
Havia conas e caralhos
Além de conas e caralhos mais velhos
(PARECE QUASE UMA FRASE INSTITUCIONAL)
mas sinceramente, eram conas e caralhos na sua maioria, novinhos
O festival não foi instuticional, tal a droga e pessoas feias (aquelas com tranças, de alcunha "frikis", que cheiram mal a 20 metros, com os seus cães com pulgas)

Havia três palcos, e todos passavam música ao mesmo tempo, o que originou sinergias no público, os rebanhos deslocavam-se aos circulos, à procura do palco perfeito

O parque de campismo onde fiquei era calminho, fica no Carvalhal, fiquei com uns vizinhos do norte, o que foi mau, porque normalmente (e aconteceu mais uma vez), as gentes do porto, dizem "foda-se", "caralho", "filho da puta", e "caralho" com força, em cada frase que dizem
Era como viver num iglô com som estereo, e de x em x tempos ouvias os anormais, com as suas histórias de tunning, e de foder gajas, e som metaleiro do filho da putissima.
(MAS AS HISTÓRIAS DE TUNING... NÃO HÁ PACHORRA)

Era apesar de tudo um parque de campismo agradavel, pois a minha tenda estava no cimo dum monte, e projectava-se para o mar, e tinha arvores de grande porte à volta, e ao final do dia ouviam-se os passarinhos a regressar ao ninho. Muito histéricos... E por vezes, abafavam os impropérios das gentes do norte.

As histórias do Tunning não há pachorra!!! O pior, é que eles eram uma praga, uns 10-15 anormais e anormálas, onde eu ia, havia sempre resquícios, ora na casa de banho, onde descreviam como cagavam - falvam dum cagatório para o outro - acho que iam aos pares cagar. Falavam e descreviam como era cagar, eu cheguei a ouvir: "Isto não sai" - e outro: "O meu parece um sunday".
(É ANTOLÓGICO. ALÉM DISSO NADA MELHOR DO QUE ISSO PARA DESCREVER UM SUNDAY)

Ou quando ia tomar banho, eles cantavam merdas popularuxas, género letras miudinhas que não há pachorra, dos GNR e até "não há estrelas no céu" - O efeito devastador de tanta grunhice, deu comigo a emborrachar-me sempre que podia. E até na esplanada dava com eles, a compararem as unhas dos pés!
foi super divertido tanta fauna miserável

No primeiro dia comi enlatados, no segundo dia comi enlatados, só mais tarde descubri que se podia comer no recindo do festival (tinha lá pachorra monetária para gajastar em comida, sólidos não dão BROA como o alcool), e no ultimo dia, descubri os supermercados - autêntica maneira de poupar dinheiro! Eu e milhares de pessoas pobres e feias a comprar milhares de merdinhas. E era fazer sandes, e beber água, e enfardar pipocas que eram à borla.

NEM TUDO É MAU OU INSIPIENTE.. como um filme de Almodovar, ou o cheiro da sardinha do outro lado dum muro que não se consegue saltar.

Havia coisas engraçadas, passei o tempo a tirar fotos aos zombies: putos imberbes em coma alcoolica perdidos nas valetas do recinto. E ver os holandeses da holanda que não falavam puto inglês, a dançarem "Maria Albertina" a música do camané e trupe de xulos da bixa punk de tras-os-montes que foi foder e foder e foder para Nova Iorque.

Concerto, deixa ver concertos. Concerto houve muitos, como muito pó, e muito dinheiro mal gasto, na ânsia de beber litradas, gastei 50 euros por dia em alcool - estimativa por alto. (i just admit)

O melhor, foi sem dúvida alguma o Showcase da DFA, com o gordo dos LCD Soundsytem a partir as mamas todas ao pessoal, foi qualquer coisa que me fez ir mamar a virgem maria lá acima, e foram só 40 minutos de puro delírio. O tema... foram alguns, mas a destacar o canibalismo verbal do gordo e também da audiência no "YEAH YEAH YEAH"

Do mais brutal que vi alguma vez, qualquer coisa como a energia delirante duns Prodigy em 95, mas muito mais debitada pela plateia. Espasmos foi isso que me entrou pela coluna abaixo.

Mais... A gaja dos LAMB a cantar a solo, foi estridente, feminino, potente, delirante, intenso, um momento mágico.

A Peaches sacana macha como sempre, a fazer os cotas de bigodaça farfalhuda e chapeus do benfica e barriga de cerveja, e pilas-pequenas-pais de 3 filhas gordas lá na aldeia, os cotas passaram-se, era vê-los a masturbarem-se às escondidas, com a PEACHES, foi engraçado, mas tive que dividir o meu tempo com os UNDERWORLD.

Muito pó e bater do pé nos Underworld, foi giro, mas já estava bêbado e queria ainda foder, tinha que decidir onde disperar as ultimas energias, e nisso temos que utilizar a melhor gestão do mundo... Regressei ao parque.
E FODEMOS ENQUANTO O ÁLCOOL SE DISSIPAVA E OS ÚLTIMOS SONS DOS UNDERWORLD SE ESVANECIAM NO AR. POÉTICO SIM.

Pimba pimba pimba. Depois ronquei. E no outro dia, eram 9 da matina e praia! Este ano não fiz amigos frikis. Notar que não fiz nudismo integralmente, mas algo estava para vir...
Sim ouviam-se os underworld ou fat boy slim e rasgos de luz lá ao fundo a 20 kms de nós, enquanto fodiamos.

O que estava para vir, foi no outro dia, fomos para a praia Vale dos Homens, ou algo assim, com 285 escadinhas, contou alto um cota com a familia de clones franceses, e registei.

A placa ao final das escadas, dizia a letras gigantes: "PROIBIDO FAZER NUDISMO" - ora foda-se! Tanta escadinha e agora não posso dar de comer à minha pila gigante!!! E fiquei meio amuado. Percorri o meu cérebro à procura da acção certa. Enquanto continuava a andar, caminhei por uma praia meio deserta, com muita mulher gorda (são sempre gordas ou esganiçadas) a mostrarem as tetinhas.

Acabamos por encontrar umas rochas altas, e tinham que ser contornadas pelo mar, lá fomos nós por entre os caminhos que o senhor fez para os castores, a água espumosa ainda me tentou abalroar, mas eu de cenas na mão não me deixei cair e segui com fortes pisadas o compromisso que tinha com a vida: Mostrar a pilar.
Testículos no espaço diz:

APESAR DA MINHA PILA NÂO TER NADA PARA VER. (ou não)

... Eu sei, mas é giro repensar a pila como um instrumento de acrescento ao ego

tavam lá umas cotas tias da aldeia
DE MAMAS A ARRAASTAR PELO CHÃO
a mais loiraça, cabelos descarnados à pazada, género descolorado da cor dos ossos, estava a mostrar os bimbims (TETAS)

a amiga da tia, era uma tia muito menos pertinente, não ostentava nem 10% da quinquilharia de ouro falso da outra, e era mais feia - MUITO MAIS FEIA.
Tinha cabelos à Marco Paulo - antes das velhas da aldeia suspeitarem que ele tinha relações anais com o Manager de rabo de cavalo, lá para os anos 80

E faziam caracois na testa, não sei se era devido ao suor da kenga, ou do bronzeador baratuxo com o qual tinha enjavardado o corpo.

E TINHA BOCADINHOS DE AREIA AGARRADOS AOS LÁBIOS DA XOXA? NÃO REPARAREI...
O GRÃO DE AREIA IMPERTINENTE TEIMOU EM PENETRAR NOS LÁBIOS VELHOS E RESSEQUIDOS... se calhar...
E ELA COÇOU COÇOU COÇOU COÇOU ATÉ TER UM ORGAMOS SALGADO COMO OO MAR... talvez...

Tinha aquela merda que as velhas usam, um biquini com cores menstruais com vermelhos e rosas e algum azul estampado, acho que os azuis estavam à altura da paxaxa recondita, estirada com os labios murxos com cor de sangue preso, assim pro azulado, talvez daí o azulado.
Estavam as duas, uma virada para a outra, ia jurar que estavam a cozer, a malhar, a fazer uma malha, ou lá como se diz. Mas o provável é que estavam a dizer mal da vida, ou a comparar os quilates que a tia da aldeia descolorada tinha num dedo da mão, ou então... A comparar a pertinência péniana dos maridos.

NÃO REPAREI DEMASIADO NOS ENTREFOLHOS

Se é bom, se é mau, se comem o cú e a cona, qual é a melhor posição. Mas não vi qualquer vestígio de alcool. Os casais modernos das aldeias, precisam sempre de digestivos, e de pelos menos uma semana em comunidade mais ou menos hippie, para se começaram a "destapar", e a falar dessas intimidades.

NÂO FIQUEI INTIMIDADO EM MOSTRAR A PILA, PORQUE A MINHA PILA BATE UNS QUILATES DE OURO

Ok, é uma realidade, mais tarde ou mais cedo, tou a ver o swing a acontecer. Aposto tudo na puta recalcada, a mais feia, a fazer a folha à tia descolorada. Aposto que foi esla que começou ou vai começar com a conversa: "PERFORMANCES SEXUAIS DOS MARIDOS"

E COMO ELES PÕEM OS DEDOS NAS CONAS DELA EM JEITO DESAJEITADO E TOSCO, ENQUANTO UMA MOSTRA *A OUTRA COMO FAZER O CUNT FINGERING DE JEITO

Não tive qualquer problema, em descartar a roupa e por-me ao léu. Pila para fora, desenrolar os pintelhos, olhar para o céu, fazer assim e assado com os braços, antigamente ainda me dava ao "luxo" de espalhar os pintelhos, para que ocupassem uma zona maior. Mas porquê? Era tão estupido. Já vi filmes porno, cos gajos têm poucos pintelhos e são viris na mesma.
Elas estava para aí a menos de 5 metros, e eu estava encostado ao encarpado escuro da encosta, naquela zona muito intima da praia, pois só havia mais um casal, um gajo meio definido com a sua gaja meio definida, notar que o gajo tinha daquelas mangueiras "à preto" que quase tocam no chão. Gostei foi do comentário de alguém: "Aquilo é grande sim senhor, mas depois não enche

"tem que se estar sempre a encher, fica mole e não fode nada de jeito." - E fiquei, ou ganhei mais um pouco de ego.

SIM, É VERDADE. SE ENCHESSE, DESMAIAVA COM FALTA DE SANGUE NO CÉREBRO. MAS EM RELAÇÃO AOS PINTELHOS, GOSTO DE UMA PINTELHEIRAS BONITA. RAPADA PERDE QUALQUER COISA. UMA DIGNIDADE ESTRANHA, UM ACONCHEGO
E FALTA À CARA UMA PINTELHEIRA ONDE FARFALHAR....

é verdade, mas estava com sorte, nesse preâmbulo de pensamento, só sabia uma coisa, e era a melhor coisa no momento: tinha rapado a pintelheira à muitos meses, e onde eram só pintelhos a crescer, agora era um campo vigoroso de pintelhos fortes, sadios e cheios de vontade de triunfar.

Depois fomos para longe, apanhar o mar, e pintar mais sois na terra, aquecer os pés que por cá andam, e por fim, um cemitério de carros cobridos por esperma resequida da terra em pó, e era imaginar latas de chocolate, de quando era puto. E foi dança, e foi contornar seres bebados, e miudas que tiravam fotos em grupo com os seus olhares de 65 euros o preço do bilhete em bico, dentes brancos, drogados a tentar roubar miudos com pouco cerebro, pouco cerebro, pouco cerebro, pouca terra, puu puu.

Dinosaur Jr, velho cansado
carcaça gorda
fétida de camisola listada
com preço
já morto
não sabe falar
intimida-se com o bafo
e era vê-los os punks velhos
da outra geração
a que presume que sabe tudo
mas não tem oratória para tal
gostam de improvisar diálogos com logismos
e palavras francamente, logicamente, estupidamente
e vozinha e guitarra
e pessoal que imagina guitarras
mas nunca tocaram numa
fétidos estupidos
na sua graça graçola
só em mais projecção continua
do sermão continuo
afinal têm que haver otários
para parasitar
para ter o tal espaço
que eles não vêm
e antes tinham ido em massa
para o poço da paeira
morrer todos
ao somzinho quadrado igual
duns oasis de pitazinha gruppie
os couros, os coros
as pitas de 13 com os seus labios pintados
naquelas noites de pós
um pouco mais e parecia
a parte detras duma rua qualquer
numa cidade grande
com putas de verdade
e chuva de mortos na rua.
Dioxido em pó
duns mortos que eram parta da minha infancia
dinosauros mortos
a banda ao lado
noise conspiracy qualquer coisa
eram todos putos aos saltos
autenticos michaeles jacksons de circo
letras do faci
movimentos do dificel
interessante a dança notória com o mic
a performance cénica para lá do muito bom.

E rodeei-me de pessoas, e deixe-me ir
para desaparecer numa auto-estrada
onde paguei 9.60 de portagem
filhos da puta.

E os filhos da puta dos fischerspooner cancelaram!! deviam era de levar com um pau de sebo pelo cu acima!
Não tinham os cenários em Portugal a tempo e horas.
Eles são muito sensiveis com os seus cenários.
Há musica que não funciona com cenários... NOT.
Os cenários são importantes, é como as mamas
senão fossem as mamas
a madonna nao vendia
nem a puta da clone a britinha. PAH!

Pró ano à mais.

publicado por Bisbilhoteiro às 16:00
link do post | comentar | favorito
|
3 comentários:
De AEnima a 18 de Agosto de 2005 às 13:49
Oh animal... estive a dizer-te que este ano nao fui porque ainda estou aqui na merda dos estados unidos a acabar a minha tese. Mas costumo ir. Ouvi dizer (os meus pais viram na TV) que sempre andaram ah procura da Elsa (moi memme) no Sudoeste? E ouvi falar nuns anuncios de tv bue da rascas! Um dia processo esses animais...


De sidsidsid a 14 de Agosto de 2005 às 17:52
Aenima ***** , viste Yo la tengo, evan dando, dinosaur jr? :D
tive aí às portas do benissicassimo lindo, à três anos, vi os reskicios... vou pro ano - tem ke ser.

Coca... coca tens em qualquer barezinho de advogados! basta fingir ke keres minetar uma puta wannabee que funha do nariz...e tens coca à free.

Fico feliz, divertetisteste por lái?

Abraço grande!


De AEnima a 14 de Agosto de 2005 às 06:47
Era so para dizer que eu sou do Norte... e nao sou brejeira... e tambem ando com as 'tetas' ah mostra porque como tu, acha que o corpo humano eh bonito e melhor ainda bronzeado... e que ha muito que nao vou ao sudoeste, mudei-me eh verdade, vendida, para o FIB benicassim que eh 500 vezes melhor sem tanta podridao e o ppl ao menos cheira coca em vez de fumar haxe o que da muito mais pica ao publico nos concertos. Infelizmente, este ano nao pude ir, puta que pariu a vida e o meu orientador de tese que decidiu por-se a trabalhar tarde demais. Intezes


Comentar post

.PodCast




.pesquisar na Vaca

 

.Abril 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30


.posts recentes

. Katya Da Bimba

. Dicionário Japonês

. Blowtime

. Conversas com o Doctor Ho...

. Passion Pit: Manners

. Um asno sem sentido único...

. Relembrar a PAM#7

. Relembrar a PAM#6

. Relembrar a PAM#5

. Relembrar a PAM#4

. Youtube fuck off

. Relembrar a PAM#3

. A Vaca é Moral

. Conversas com o Doctor Ho...

. Paulo Pedroso chupa-me o ...

. FC PORCO é campeãum...

. História com continuação

. Ryu paneleira da praça

. Roisin Murphy para vocês ...

. Satanás Loves Padre Pedóf...

.arquivos

. Abril 2010

. Dezembro 2009

. Outubro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

. Dezembro 2004

. Novembro 2004

. Outubro 2004

. Setembro 2004

. Agosto 2004

. Julho 2004

. Junho 2004

. Maio 2004

. Abril 2004

. Março 2004

. Fevereiro 2004

. Janeiro 2004

. Dezembro 2003

. Novembro 2003

.tags

. todas as tags

.links

.subscrever feeds

.Rádio FLAMA ETERNA

http://84.90.106.32:8000

.Translation

.Meter

eXTReMe Tracker

.Cena

blogs SAPO

.subscrever feeds