Segunda-feira, 18 de Julho de 2005

Comer uma grávida

E foste a mais bonita
casaste em sacrificio sem o saberes
comeste flores sem cores
e morreste.

Degolada de mão dada
destemida de facto
marés de riso e choro
tudo unido de olho desfocado
queriam-te virgem.

Ias para as escadas fumar
droga bazeado sinceridades apelativas
com ar de ferida aberta
provocadora irresistivel
pintada como calhava
uma zebra malhada
com pernil dobrado,
ali deitada ao sol
de pernas cruzadas.
Quem é que não te queria violar?

Destemida de faca na mão
fazia cebolas cortadas, ervilhas assadas
e tinha umas maminhas pistolas
ali na pedra fria da cozinha
destapava-te os seios
comia-te os pintelhos
era um raio de gastronomia celeste
tu eras mais que mil celestes
era bom, e melhorava a cada vez
que te comia essa rata
e te chupava todos os teus orgãos.

Rias-te presa aos pulmões
tinhas sentido puritano
e nem me deixavas acariciar-te enquanto cagavas
eras fundamentalistas dum corão malcriado
qualquer coisa assim, com complexos
até que te comi o cagalhão
era quente e eu voraz
e tu quando deste conta
adoeceste.

Amo-te, e comeria-te a merda toda desse
cú anexo a essa vaginazinha corpulenta
com lábios a lembrar o mais precioso fiambre
da história de portugal.
Vagina babosa, com sabão que tudo limpa
e cuzinho cagão.
Eras cá uma gaja fina!

E eu comia-te essa merdinha
oh sim senhor
e sabia tão bem.
E afiava-te as mamas
a minha vaquinha pranha
antes de teres o nosso puto
sempre imaginei-te pranha
cadela gorda afectada dos movimentos
como que amputada
de cerco fácil, acomodada aos desejos duma grávida
ali deitada, na furda dos sabores
a fossilizar essa cona a rebentar pelas costuras,
de cu e rêgo a desfolhar a banha a aumentar
de mamocas inchadas, com leitinho para o puto
Grandes fodas te dei.

Metade nem quiseste
mas grávida e o caraças
não mandavas nada
foi comer-te essa cona de gorda obesa cheia
imensamente cheia
arranhar-te por dentro com os meus dedos cheios
de chocolate profano desse cú de intestinos cheios
de alpista para mim e o puto dentro de ti.

Comer-te foi bom
essa cona inchada, foi um deleite
dar-te com o meu vigoroso naipe de erecções
dentro de ti a achocalhar-te essa vagina cheia, imensa
vermelha, a explodir
e esses pubicos esporrados quando ela saia para fora
tanta vez que me vim.

E foi tão bom
comer-te e morder-te as tetas de porca gorda pranha
chupar-te algum leite, que o puto não leva a mal
e quando não querias...
Atava-te puta.
E batia-te.

Eras um tão bom cú
uma cona inchada a rebentar de foda
um puto lá dentro
eras tão redondinha e pesada
e comer-te o cú com os dedos e a cona com o caralho
sim gritaste e sangue e tal
foi tão bom.

Dei o teu leite à minha esporra
quando me ia lavar
e deixei-te a secar da merda liquida
ficaste uma bela construção de merda,
naquele quarto que tresandava a mijo de gajo e urina minha ou tua
tudo sêco, e bafo doente, mercado de carne tropical
um dia...

Levo uma serra para serrar ferro
e faço-te troféus com os teus fémures de miúda que fode bem.

publicado por Bisbilhoteiro às 18:32
link do post | comentar | favorito
|
5 comentários:
De Cavalheiro a 26 de Dezembro de 2005 às 23:57
Fodasse....
Puta que pariu!!!!
Jovem tems que ver se metes menos merda nessa cérebro,tems uma mente estupidamente artistica, e lírica.
Parabéms


De Telma Guerreiro a 23 de Julho de 2005 às 22:36
AMOR! ****


De Alfor a 20 de Julho de 2005 às 22:46
Temos poeta caralho!


De Pedro a 3 de Novembro de 2010 às 17:51
Desculpem que o diga mas foi é uma valente merda ahaha...podias escrever mais 1000 palavras que irias conseguir uma merda maior ainda...e essa merda nem sequer chega a ser chocante...
Continua a enviar postais!


De paulo a 9 de Maio de 2014 às 02:00
continuo a voltar aqui,
um desconhecido
sempre parecireconhecido
e por aí fora
podemos falar [?]


Comentar post

.PodCast




.pesquisar na Vaca

 

.Abril 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30


.posts recentes

. Katya Da Bimba

. Dicionário Japonês

. Blowtime

. Conversas com o Doctor Ho...

. Passion Pit: Manners

. Um asno sem sentido único...

. Relembrar a PAM#7

. Relembrar a PAM#6

. Relembrar a PAM#5

. Relembrar a PAM#4

. Youtube fuck off

. Relembrar a PAM#3

. A Vaca é Moral

. Conversas com o Doctor Ho...

. Paulo Pedroso chupa-me o ...

. FC PORCO é campeãum...

. História com continuação

. Ryu paneleira da praça

. Roisin Murphy para vocês ...

. Satanás Loves Padre Pedóf...

.arquivos

. Abril 2010

. Dezembro 2009

. Outubro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

. Dezembro 2004

. Novembro 2004

. Outubro 2004

. Setembro 2004

. Agosto 2004

. Julho 2004

. Junho 2004

. Maio 2004

. Abril 2004

. Março 2004

. Fevereiro 2004

. Janeiro 2004

. Dezembro 2003

. Novembro 2003

.tags

. todas as tags

.links

.subscrever feeds

.Rádio FLAMA ETERNA

http://84.90.106.32:8000

.Translation

.Meter

eXTReMe Tracker

.Cena

blogs SAPO

.subscrever feeds