Sábado, 14 de Outubro de 2006

Uma chance louca de acertar dentro da televisão

Uma orquestra que canta o amor e não estás nos campos elisios, onde se pode cagar,
é verdade eu já vi, e já o fiz.

Numa praia de Acapulco
poderiam estar lá uns 400 pretos,
ou negros africanos,
musculados e a brilhar
para serem livres,
ou as suecas rapadas
ficam-lhes com tudo.



A urbe não lhe chega com o saudosismo sexo, e o revirar dos olhos, quando o cagalhão sai?
É quase tão bom como as cinco vacas do volver do Almodovar.
Ou quatro, uma não conta.

Oh senhor dê-me terra por estes céus à volta,
preciso de coisas selvagens
para plantar amor neste país que tanto adoro,
e deixa-me assobiar sozinho sem cíumes mortinhos dum para sempre,
oh se faz favor,
sou feliz. Oh senhor, o microfone anda pesado,
e a cocaina pelo rio acima,
e eu não lhe pego.
Mas a fé?
As aparições?
Isso é um atestado de sonasol nas veias das velhinhas,
e dos suores das ratazas fauna que acomoda
os ossos manteiga das fibrosas pele de galinha-velhas.
Mas e os ovnis? E os spectruns 48k?



Porque nós já fomos quase um tudo infinito,
e agora como um ovo frito
nem o sol é mais como tu
porque morreste em colapso,
traçado e deixado de pé coxo,
indolente sou contigo,
corpo aquecido pelas ruínas dos outros,
cara bonita.

Ensinaram-te isso tudo,
mas o perfil do sentimento tramado,
é mesmo quando ficas à deriva
dos ratos mickeys estupidos em forma,
que comem planetas inteiros,
e ficas sem nada.



Suicídios aumentaram mais de 100 por cento

O aumento do número de suicídios, que nos últimos anos subiu de 500 casos anuais para cerca de 1.200, está a preocupar os especialistas. A taxa de para-suicídio também cresceu.

Red hot chilli pepper querida.

publicado por Bisbilhoteiro às 07:53
link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 13 de Outubro de 2006

Eucaristia de um dia normal

Um pedrado, dois drogados
um filho da puta, duas meninas a fazer banzé
pitas de 14 anos que são adultas
adultas que são pitas,
camomila e putas,
meninos com colhões dentro de meninas,
a ejectar pelotões de virilidade e testosterona e pose
foder foder foder,
e escarrar dos ossos grandes,
para a menina de vagina penteada e angelical,
hepatite A,B,C nas estradas,
sedução de putas por caralhos em perfil é imoral,
deitados são aceites e bem vindos,
e a dona de casa que se foda,
porque o marido "papa" 20 putas do silicone
ou 30, ou 40... ao dia



inaceitável por mais que o adulto se sinta desafiado
a sua glande não permite outro desvendamento,
a puta existe, o homem puta sabe disso,
o carneiro puta é comido pelo macho puta,
e perde-se o respeito pela profissão...
é mesmo puta de puta doentia,
e roça-se a intriga da globo e alguma tvi,
nojo à markl a cores pseudo ao jantar,
ingenuidade, alegria, inocência
e "eu é que sou virgem"
e o caralho.
Desligar desligar,
matar matar.



Conas de asfalto que entram na escola
acometem putos taciturnos
e são claramente as putas dos aparelhos nos dentes,
risos metálicos
ao som de betos putos pareces dos morangos na televisão
putas a mais,
betas, estirpes sociais, mongos, e palhaçada,
tiros nos cornos a brincar,
empurras e cais,
e há sempre uma cadela que sabe a escolinha,
abana as curvas,
mete o caralho de preto dentro,
já vendeu camisolas a respeito,
bolor seja,
o seu passado fede,
comete a paz com novos insanos mentais,
que justamente... acreditam.
Fia-te na virgem,
era era,
a virgem come-te
mas antes comeu metade da cidade,
foi rejeitada por bichas e pessoal old-fashion a atirar para o monógamo,
a puta come a relva
à falta de melhor,
a puta podia andar nas campas a roubar,
ou nos boliqueimes de zé-pretos
nos arrastões de sintra,
podia ser blockbuster da cona,
apareceria nos jornais,
está feio.
Nota 20.



Vendeu a cona recebe rebuçados de desprezos,
ainda não sabe.
Um dia leva um tiro,
ou dá um tiro.
As puta-serpentes morrem sempre sozinhas,
sol.
E sim muda de cabelo,
podes mudar tudo
sem interesse não à ganha pão,
putas e drogadas,
são colheres no cú.
Beijo.



Sol e relva verde,
camomila mais do mesmo,
mortos que esperneiam na rua,
Jacinta Vaz chega a casa,
e masturba-se,
o marido quer lá saber,
à tantas prisões para encher.



E os embriões que esperem
no subterrâneo do amor,
fiél e carcomido
ao nosso senhor,
eu não sendo puta, nem detentor de cona
quero lá saber.
Beijos.



Cona bloqueada com cimento,
e deixar secar, dizem,
comportamentos de trolha com verbos libidinosos co
em concordâncias a aventuras sexuais
justamente, sim, para colocar esporra no altar,
esporra com "esporra",
e este líquido satisfaz o seu instinto do dono com adn moralista,
fodeu a pitinha obtusa,
e de pois comprazendo-se em ver o pai dela castigado.
Quem tem filhas, fode-se
quem tem filhos fode-os.
Ide foder.
E o aborto, em que ficamos?


publicado por Bisbilhoteiro às 01:04
link do post | comentar | favorito
Domingo, 8 de Outubro de 2006

Tabuada do 2

Ou do ratinho,
a miudagem hoje é como a tabuada do 1
é fácil, estupidamente igual
e neutral...
Um vezes um é um
um estorvo,
uma bolacha,
um avião de papel,
a miudagem sabe lá o que é o papel,
o meu pai diz isto amíude,
é como os charros,
os burros os jovenais,
um vezes nove é nove,
nove bocado em cima da mesa,
se fosse coca,
até se ficava rico a meias,
ou isso ou o jackpot
onde as velhas jogam.


publicado por Bisbilhoteiro às 07:45
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito

Imago na noite a cores

O que é o IMAGO 2006
Trata-se de um festival que centra o seu projecto de programação nos filmes de jovens realizadores... e merda.
David Holmes uma merda, uma merda country para filhos da puta leiteiros, som grave a matar ouvidos. DK7... Ian curtis com martelos, ora electro ora algo já visto e revisto, muito fumo, meia merda. O melhor, foram mesmo as instalações a cheirar a plástico novo. Fica a intenção. O imago piorou? Contudo, bifanas na estação.

Ao menos esta paneleira quando tocava vinys, riscava-os, e até tinha piada, mas isso foram rosas de outros tempos.



Frio e fumo e foder? E que se fodam.
"tens lume?", "não fumo", "ai que sorte!" - odeio estes novos filhos da puta à pseudo, que gostam de julgar autónomos na rua. Fode-te. E meio murro deveria ter-lhe entrado na massa encefálica. Fica para amanhâ.

publicado por Bisbilhoteiro às 05:41
link do post | comentar | favorito
Sábado, 7 de Outubro de 2006

Folclore in multi-ninja battles

Procurar a casa de volta,
regredir na escala da dor,
pratos no espaço que saiem disparados,
que caçam carros acouraçados às cabeças da necessidade,
e toda a gente precisa de espaço,
e mapas das suas casas,
se fosses manequim,
e drogavas-te logo aí,
com amor justinho do fim do mundo,
esquecerias os soldados drogados,
e os suores de cano sujo
dos carros que queimam a vida,

pestanjea prostíbulo paritário de genes
e carnes dos outros que tuas.



não encontrariam os homens-palhaço
conduzirias acordado,
sem voltares à terra da madeira,
oh meu deus, virias a grande deusa macaca,
e dirias ao menino mais pequenino
a história do pénis e da cona,
e que estavas sozinho e deixado por alguém
que te mira a alma peregrina,
saltarias em saltos de freak,
e moverias cada musculo ao ouvir um som de egocentrismo,
e nada de chulos que passeiam namoradas pelo chão,
de que estás à espera.
Diz-me putinha, qual é a tua história,
és tão fôfa,
não te deram injecções suficientes nos lábios?
Tens que sorrir,
homeless de nome fodido,
tu sabes que te odeiam,
e no adeus,
precisarás de um santo,
e tudo porque te fizeste nesse caminho,
desculpa por nada,
é demasiado a acontecer,
e horas de drogas em noites miseráveis,
até que encontras deus,
e tás tão farto da tua vida,
de gajo miserável
a pensar em voos terríficos pela nova yorque.



E um camião de descartáveis nús?
Assim para foderes no entrecosto do sofá...
Those guys dance on bikes and shit!

publicado por Bisbilhoteiro às 03:13
link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 6 de Outubro de 2006

Código Html do menino Jesus

Eram pequenas criaturas do senhor, mas não pensavam nele como consequência natural, mais tarde, muito mais tarde tudo se tornou claro. Nada de sexo.



Um bocadinho pode ser, ou era ilusão? Inventaram santas na altura pós-nazi, e revigoraram com a estupidez de um povo, podia ser Portugal. Os putos da catequese ouviram a mesma lenga-lenga nas últimas décadas.
Não valia a pena dizerem que não, com os pés, as mãos e até as boquinhas fálicas.



Se os padres soubessem da masturbação à mesa dos valores, estava o caldo entornado, tinha que haver um equilibrio, pois tinha. Os homossexuais disfuncionais não assumidos seguiam o caminho de deus, clero, mosteiro, mosqueteiro, e os outros, casavam, e tinham relações sexuais consentidas.

E o culto à música, ao teatro, à quermessa de originais multimédia veio para ficar. Qualquer merda é ícone hoje em dia, até asiáticas que quando projectam voz, engolem ranhoca, tudo vende.



Um mundo puto e puta, com putas de todas as cores, bonito e menos bonito. Enchido com cheiros e desculpas de pessoas doentes.



E insónias e greves, e procissões a causas obrigatórias, e o quê? Vão-se foder com força, perfumem-se, comam cavalos e façam isso lá ao fundo, metam avisos nos cornos.



E cenas cheias de perfume:

Portugal vai receber da tabaqueira Philip Morris mais de 35 milhões de euros até 2016. Fodam-se com a droga, com a merda, com o cancro! Portuguesinhos de merda.

Jorge Costa oficializou ontem o fim da sua carreira futebolística, por fim, adeus badamerdas, macaco porteiro de disco alterne, agora velho e pesado, podes por fim aprender a ler o correio da manhâ na intermete.

Herman José renova o contrato com a estação de Carnaxide. Mas agora volta com série de humor puro e duro e José está a preparar um novo capítulo na SIC, com muitos pénis e merda cor-de-rosa para atrasados mentais adoradores de gays chiques e aos saltinhos.

O namoro terminou e Cristiano Ronaldo tomou uma posição: deixou de falar com Merche Romero. Uma atitude típica do jogador que, segundo um amigo, “age sempre da mesma forma quando coloca um ponto final numa relação”. Agora ele pode realizar o conto de fadas das paneleiras, enfiar ou ser enfiado, disse ainda: "acabou-se a puta."


A ‘tia’ Cinha Jardim, a taróloga Maya e a jornalista Dina Aguiar podem vir a juntar-se à lista de celebridades internacionais dependentes do botox, e ainda bem, estamos todos ansiosos para ver a cona gretada da mui-grande cinha jardinoca.

Pedro França Alemão, namorado de Catarina Fortunato de Almeida, não quer comentar em praça pública o que uma revista avançou sobre o seu passado, que metia para a veia e jogava à suéca nú na prisão enquanto apanhava o sabão.



A diocese do Porto, com mais de mil igrejas em 477 paróquias, se por cada putativa sala de culto putativo, forem em procissão zombie e vontade própria, pelo menos duas velhotas... dá a fantástica quantia de 2000 velhas por dia a mexer o caralho da anca, em nome do senhor e do ouro da máfia putativa do vaticano. Amén.



Putas de nagasaki, y especialmente aquelas na encosta fria com verdume do monte fuji,
albarrocas bizantinas turcas e gregas violadas por muçulmanos,
viva os macacos da pré-história.

O processo de transformar um planeta inabitável num planeta habitável, chama-se terraformação, tá?

Foda-se!

shows just how creative and hybridized culture and desire can become.



If Tom Cruise's star power prevents people from taking anti-depressants when they need them, and someone kills himself, I hope that someone's family sues the motherfucker (and "Access Hollywood") for fraud.

publicado por Bisbilhoteiro às 02:26
link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 4 de Outubro de 2006

Super-Slut

Há gente para quem ser puta é mais que uma profissão: é um modo de vida. Uma dessas pessoas é a Elsa Raposa. Alias, como é muito nossa amiga vamos chamar de ER. Ao que parece a ER vai ter de ir ao ER tratar da mamoca. Para alem de puta full time, é uma puta cybernetica



Diz que ela levou uma pancada que a mandou para o hospital. É tipo mulher canhão: dá-se uma estalada e lá vai ela a voar até chegar ao hospital.

Mas porque ER é puta? Por ter comido mais gajos que uma canibal bulimica? Por levantar as pernas ao criador compulsivamente?

Não, ela é puta porque diz que não o é. Puta que é puta nao assume. É tipo maçonaria.



Mesmo que tenha uma outdoor com a tabela de preços, a puta não assume. Diz que é "paixão".
...ela é uma romantica?

A puta é pseudo-romantica. Outra regra é: a puta não cobra. Atenção, uma coisa é puta e outra é prostituta.

Mas devemos aos periodicos o belo imaginario tetrico da vida de ER (Elsa Raposa). Ficamos a saber que a ER é uma psico-Bitx

Assim, resumindo, a Elsa é uma Upper-Class-Mega-Slut-Psyco-Bitch. É uma mas há mais claro. O pessoal sobre a escada socialite a pulso e não com as pernas porque têm as cuecas nos tornozelos.

Tens aí uma foto de um caralho?

A ER é tipo um exemplo, é a musa inspiradora, a utupia: é a nossa Paris Hilton, só que velha e com a graça de uma atriz porno mexicana.



Vai lá engravidar melher!

Por Bunny das Caldas

publicado por Bisbilhoteiro às 02:11
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Domingo, 1 de Outubro de 2006

Desfocas o terço da avó quando te sentas em cima dela

Um terço dos portugueses diz que HIV se transmite pelo beijo
então porque é que a maioria tem sida? mas não sabe?
Não sabe...
Então que se fodam as putas das discotecas e as putas das nuances com bocas de lipsticks na dentola branca
que se fodam.



Um em cada três portugueses julga que o vírus do HIV se pode transmitir através de beijos ou nas casas de banho e um quinto dos cidadãos nacionais acha mesmo que pode infectar a comida e os talheres.
A marktest, é uma puta!



Coisas peidas e sexys
estás pronto
tens guarda-costas embebidos como costelas brutas
e frutas com stress
que lá no fundo do frigorifico
brilham como sacos de filhos de puta
que não sabem actuar
e ardes o suficiente para ser rápido
em nome de um bébé honesto
eu deixo-te vir comigo
neste caminho perfumado
se prometeres que vens para a cama
Quem é que te faz sorrir
quem é que te come as horas sexys
vai apanhar uma criança rídicula
ao som de um 31,
suzy pode voar
com a sua blusa misteriosa
que enferniza os caralhos da arena.
fodes as séries dos soprano
e o teu cabelo de menina
não faz ideia de quem és,
e um dia quando descubrires o teu amor,
e tropeçarás nesse show de beleza que ninguém fala.

Precisas de charros para cagar
e deixas os outros a olhar,
é impossível dar-te estalos,
porque vives numa chaminé,
no escuro de uma cona doente,
e ruminas por onde não tens colhões.



E sentas-te no chão
porque não caberás em nenhum lado,
milagres odoríficos,
lambes as unhas com merda,
andas nisso o dia todo,
a raspar a publicidade a verde...



Podia ser verde de nojo,
a caminho do chão levas entradas de jantares com outros,
e abres e fechas os pistachos na tua boca,
até que a meio dos simpsons venenosos,
levas chicotadas na boca,
mudas o canal,
a não ser que sejas anormal, ou sub-15
ricardo carriço a foder com gordos enormes e homossexuais,
e os morangos...



e olhas para os frutos sêcos,
deparas com uma larva lá dentro,
uma que não entrou dentro de ti,
uma roliça larva que brilha ao seu deus,
a tua lampada de 90 waltz de música clássica,
e os jogos de futebol, os f´s de foda, futebol e fado,
e mudas de canal,
e a psp judiciária do coito taliban
na televisão,
agora com 16 bits de som,
e dá para os filmes,
mas magoa as mãos.



e vais a uma prisão
e procuras assassinos sexuais de crianças,
e disparas, disparas a noite toda.
Podes editar um livro de vaginas,
ou querosene a meias com carrocéis
em conas feitas à medida,
a pintelheira mais acima se faz favor...



Podia até ser um bordél de crianças vestidas à casa pia,
todas branquinhas a cantarem em alemão,
poemas de bang bang bang,
e raspavas o pó dos seios,
e quengas do dollar das casas de alterne
cibernéticas e brasileiras,
e bocas cheias de foda barata
e bafon do brasil,
a empalar os cotas que lhes comem as bordas
com pepinos, avelâs, melancias, bananas,
mas nunca com os seus flácios pénis de anões perdidos na contabilidade.



e terias nessa história uma irmão doutrora
que te batia nas nádegas
e tu em suícidios S.O.S, tu, ela,
fariam amor de cona aberta,
lambidela tu, lambidela ela.
Sem tiques,
com cordas a prender,
masoquismo da cona!



Ela não vale um penny,
podia ter uma penthouse,
e uns patins de sky,
e até um aquário com beastie boys lá dentro,
eu só sei que ela é uma puta do bar.
A maneira como ela explora os putos imberbes
sem pintelhos nem carteira,
é pior que uma vaca,
e amarra-os com uma corda de puta,
onde está a corda que matou a minha bébé?
Onde está a corda que matou a minha bébé?
Onde está a corda que matou a minha bébé?

Na boca dos velhos do tempo a preto e negro,
com caralhos de borracha,
a vaselina queimada e moldada,
que não havia disso,
a cores e internets.



Pai não me deixes cair,
eu vou contigo,
apanhar maçãs pela manhâ,
e morder pardais que andam na cabeça das pessoas,
e romper jogos morais
que apenas metem nojo a histéricos
hipócritas e tais.
Amanhâ vais foder.

publicado por Bisbilhoteiro às 07:36
link do post | comentar | favorito

.pesquisar na Vaca

 

.Abril 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30


.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. Katya Da Bimba

. Dicionário Japonês

. Blowtime

. Conversas com o Doctor Ho...

. Passion Pit: Manners

. Um asno sem sentido único...

. Relembrar a PAM#7

. Relembrar a PAM#6

. Relembrar a PAM#5

. Relembrar a PAM#4

. Youtube fuck off

. Relembrar a PAM#3

. A Vaca é Moral

. Conversas com o Doctor Ho...

. Paulo Pedroso chupa-me o ...

. FC PORCO é campeãum...

. História com continuação

. Ryu paneleira da praça

. Roisin Murphy para vocês ...

. Satanás Loves Padre Pedóf...

.arquivos

. Abril 2010

. Dezembro 2009

. Outubro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

. Dezembro 2004

. Novembro 2004

. Outubro 2004

. Setembro 2004

. Agosto 2004

. Julho 2004

. Junho 2004

. Maio 2004

. Abril 2004

. Março 2004

. Fevereiro 2004

. Janeiro 2004

. Dezembro 2003

. Novembro 2003

.tags

. todas as tags

.links

.subscrever feeds

SAPO Blogs

.subscrever feeds